Oásis do Sertão

HomeCicloturismo

Oásis do Sertão

Na Semana Santa, uma viagem de 2 dias pelo interior do PE e PB

Texto e fotos de João Juvêncio de Almeida – joaoalmeida_pe@hotmail.com

No feriado da Sexta-feira Santa de 2008, eu e meu amigo Joãozito, que mora em Recife (PE), resolvemos pedalar até a cidade de Princesa Isabel, na Paraíba, e de lá seguirmos até a turística cidade de Triunfo (PE), também conhecida como o “Oásis do Sertão”.

Triunfo fica a mais de mil metros de altitude em relação ao nível do mar.

Confiram como foi nossa viagem.

PRIMEIRO DIA – 21/03/2008 – Sertânia (PE) – Princesa Isabel (PB)

Saímos de Sertânia às 4h10 da matina, ainda escuro. Fizemos a primeira parada depois de uma hora de viagem para comermos alguma coisa. Chegamos em Custódia (PE) por volta das 6h30, após 54 km rodados. Depois, passamos por Sítio dos Nunes e Flores (ambas no Pernambuco) e Jericó, na divisa com a Paraíba.

Após 110 km rodados pegamos uma subida de 3 km que quase acabou com nossas forças. A subidona já era uma prévia do que íamos encontrar no dia seguinte. O prazer é imenso de se pedalar quando está chovendo no sertão e com tudo verdinho. Passamos por paisagens lindas, com as barragens todas sangrando e os rios correndo, uma maravilha.

Números do primeiro dia:
116 km
6h25min de pedal
Média horária 18,56 km/h

SEGUNDO DIA – 22/03/2008 – Princesa Isabel (PB) – Triunfo (PE)

Deixamos Princesa Isabel às 5h30 e fizemos uma pedalada tranqüila até a cidade de Flores, onde tomamos café. Logo em seguida partimos para enfrentar a tremenda subida da Serra de Triunfo, com 6 km de pura subida.

Quanto mais se sobe, mais a paisagem fica mais bonita. No caminho, há frutas para colher e cachoeiras para se banhar. Realmente é um oásis no sertão tão sofrido. Chegamos por volta das 9h30 em Trifuno e fomos fazer um pouco de turismo, visitamos o engenho São Pedro, onde o turista é recebido com um trio de forró pé-de-serra e uma mesa de degustação com cachaça, rapadura, licor de vários sabores, caldo de cana, amendoim caramelado com rapadura e muitas outras coisas. Uma lojinha ao lado está a disposição dos turistas. Há também um parque aquático e um hotel.

A cidade tem um grande lago no centro, bons restaurantes e o Pico do Papagaio, o ponto mais alto de Pernambuco, onde é possível avistar toda a cidade.

Joãozito se encontrou com sua família, que tinha ido de carro e, como já estava tarde colocamos as bikes no rack e voltamos para o hotel em Princesa Isabel.

No domingo, regressamos de automóvel para Sertânia.

Números do segundo dia:
38 km
2h59min de pedal
Média horária 14,67 km/h

OÁSIS DO SERTÃO PDF Imprimir E-mail


Na Semana Santa, uma viagem de
2 dias pelo interior do PE e PB
Texto e fotos de João Juvêncio de Almeida – joaoalmeida_pe@hotmail.com

No feriado da Sexta-feira Santa de 2008, eu e meu amigo Joãozito, que mora em Recife (PE), resolvemos pedalar até a cidade de Princesa Isabel, na Paraíba, e de lá seguirmos até a turística cidade de Triunfo (PE), também conhecida como o “Oásis do Sertão”.

Triunfo fica a mais de mil metros de altitude em relação ao nível do mar.

Confiram como foi nossa viagem.

PRIMEIRO DIA – 21/03/2008 – Sertânia (PE) – Princesa Isabel (PB)

Saímos de Sertânia às 4h10 da matina, ainda escuro. Fizemos a primeira parada depois de uma hora de viagem para comermos alguma coisa. Chegamos em Custódia (PE) por volta das 6h30, após 54 km rodados. Depois, passamos por Sítio dos Nunes e Flores (ambas no Pernambuco) e Jericó, na divisa com a Paraíba.

Após 110 km rodados pegamos uma subida de 3 km que quase acabou com nossas forças. A subidona já era uma prévia do que íamos encontrar no dia seguinte. O prazer é imenso de se pedalar quando está chovendo no sertão e com tudo verdinho. Passamos por paisagens lindas, com as barragens todas sangrando e os rios correndo, uma maravilha.

Números do primeiro dia:
116 km
6h25min de pedal
Média horária 18,56 km/h

SEGUNDO DIA – 22/03/2008 – Princesa Isabel (PB) – Triunfo (PE)

Deixamos Princesa Isabel às 5h30 e fizemos uma pedalada tranqüila até a cidade de Flores, onde tomamos café. Logo em seguida partimos para enfrentar a tremenda subida da Serra de Triunfo, com 6 km de pura subida.

Quanto mais se sobe, mais a paisagem fica mais bonita. No caminho, há frutas para colher e cachoeiras para se banhar. Realmente é um oásis no sertão tão sofrido. Chegamos por volta das 9h30 em Trifuno e fomos fazer um pouco de turismo, visitamos o engenho São Pedro, onde o turista é recebido com um trio de forró pé-de-serra e uma mesa de degustação com cachaça, rapadura, licor de vários sabores, caldo de cana, amendoim caramelado com rapadura e muitas outras coisas. Uma lojinha ao lado está a disposição dos turistas. Há também um parque aquático e um hotel.

A cidade tem um grande lago no centro, bons restaurantes e o Pico do Papagaio, o ponto mais alto de Pernambuco, onde é possível avistar toda a cidade.

Joãozito se encontrou com sua família, que tinha ido de carro e, como já estava tarde colocamos as bikes no rack e voltamos para o hotel em Princesa Isabel.

No domingo, regressamos de automóvel para Sertânia.

Números do segundo dia:
38 km
2h59min de pedal
Média horária 14,67 km/h