Restauração Wanderer 1929

HomeVintage

Restauração Wanderer 1929

Confira o antes e o depois desse modelo alemão fabricado em 1929

Por Marcelo Afornali

A bicicleta foi adquirida em janeiro de 2006 e muito destruída e seriamente comprometida pela falta de peças. Resgatados somente foram o quadro, o garfo e as rodas originais, com os cubos.

O primeiro passo foi datar a bicicleta pelo número do quadro e o segundo foi conseguir o catálogo original com o modelo, que veio justamente por intermédio de um especialista alemão.

De nada adiantaria uma simples pintura ou um leve conserto. Pelo estado, a opção era a restauração de todos os componentes de fábrica, a coleta dos componentes que faltavam e a pesquisa sobre o modelo que era pouco conhecido até então.

A Wanderer é uma marca clássica e uma das 10 bikes mais valorizadas na Alemanha. Para que realmente fosse atingido o objetivo, seria necessário um trabalho bastante especial.

A tradução do catálogo do ano forneceu as informações sobre o modelo de pintura e a filetagem. Os filetes eram na cor verde clara, com o fundo preto.

A coleta de peças veio em seguida, sendo que 95% das peças vieram de amigos europeus que, inclusive, colaboraram intensamente para a conclusão do projeto.

Com os trabalhos já adiantados, foi feita a lataria e os ajustes dos pára-lamas, ombreira do garfo e os aros que estavam bem deteriorados. Após os ajustes, a bicicleta foi encaminhada para o jato de microesferas, deixando-a pronta para o tratamento anti-ferrugem e posteriormente para a pintura.

Após a conclusão do trabalho, a bicicleta recebeu os pneus talão (sem arame, e de encaixe nas bordas) na cor vermelha, uma das cores de pneus da época.

A bike recebeu também o belíssimo farol Balaco, alimentado a gás de carbureto, que inclusive funciona. A carbureteira completou o conjunto.

O detalhe principal nessa bicicleta é a sutileza e a simplicidade. A cor dos pneus e a galvanoplastia do “níquel”, sistema usado na época e que foi substituído pelo cromo seis meses após a fabricação dessa bicicleta.

Tamanha é a beleza desta bicicleta, que de imediato considero-o uma das mais lindas bicicletas que já possuí, graças à sobriedade e ao equilíbrio de todos estes detalhes combinados.

Enfim, sete meses de trabalho, pesquisa e uma boa dose de persistência foram necessários para resgatar mais este ícone da indústria ciclística mundial, esta Wanderer modelo 12, ano 1929…

FICHA TÉCNICA:

Wanderer modelo 12
Origem: Alemanha
Ano: 1929
Aro: 28
Pneus: Talão vermelhos 28×1.1/2
Raios: Union, niquelados
Punhos: Hebie
Cubos: Komet
Acessórios: Farol a carbureto Balaco, pedais, selim e bolsa Wanderer, cavalete sistema relógio
Proprietário: Marcelo Eduardo Afornali