Ricardo Pscheidt vence MTB Marathon Márcio May em SC

HomeCompetições

Ricardo Pscheidt vence MTB Marathon Márcio May em SC

A competição foi realizada pelo ex-ciclista profissional Márcio May em parceria com a Cicles Hoffman e reuniu 500 competidores, incluindo 15 atletas que vieram especialmente do Uruguai. O evento pode ser considerado a maior prova de mountain bike maratona da região Sul do Brasil.

Fotos de Eduardo Schaucoski

Vitória do catarinense Ricardo Pscheidt

A primeira edição do MTB Marathon Márcio May Pedra Branca reuniu os principais atletas do mountain bike na cidade de Palhoça, em Santa Catarina, no último domingo, dia 5 de junho. A competição foi realizada pelo ex-ciclista profissional Márcio May em parceria com a Cicles Hoffman e reuniu 500 competidores, incluindo 15 atletas que vieram especialmente do Uruguai. O evento pode ser considerado a maior prova de mountain bike maratona da região Sul do Brasil.

Ciclistas com a Pedra Branca ao fundo

A prova teve a concentração de largada e chegada na Cidade Universitária Pedra Branca, a 15km da capital catarinense. De lá, os competidores da categoria Sport percorreram um circuito de 26km que contornou a Pedra Branca por estradas de terra que atravessam os bairros rurais da região. Já os ciclistas das categorias Pró deram duas voltas no mesmo trajeto.

O Uruguai compareceu com 15 ciclistas

O evento era voltado principalmente para amadores e entusiastas do mountain bike, mas a corrida atraiu também a presença de nomes importantes da modalidade. A vitória na Elite masculina ficou com o catarinense Ricardo Pscheidt (Jamis/Sram/Crankbrothers/Continental/Fizik), atual campeão brasileiro de cross country. A vitória de Pscheidt só veio nos metros finais, na última curva antes da chegada. Pscheidt andou o tempo todo na frente com um pequeno grupo formado por Odair Pereira, João Paulo Fimino, Gustavo Zorzo, Gilberto Goes e Luis Visentainer.

O paulista Odair Pereira, terceiro na Elite, cruza ponte de madeira

O grupo escapou do pelotão principal após a primeira subida, ainda na primeira volta. Na segunda volta, o grupo se reduziu a três atletas (Pscheidt, Odair e João Firmino). No fim, Pscheidt levou a melhor no sprint final e cruzou a meta com o tempo de 1h33min55s.

“Achei bem legal o evento. Apesar de ser voltado para o público amador, o circuito era desafiador, pois tinha boas subidas sem ser tecnicamente difícil. Foi boa a corrida como treino, pois disputei contra fortes adversários”, contou Pscheidt, que defende o título brasileiro conquistado em 2010 no dia 17 de julho, em Caconde (SP).

“Certamente essa prova foi importante para eu usar como treino para a etapa única do Campeonato Brasileiro de Cross Country”, completou o vencedor, que garantiu uma premiação em dinheiro de R$ 1.500, uma das maiores do Brasil na modalidade.

Logo atrás de Pscheidt chegaram os paulistas João Paulo Firmino (Scott/Fittipaldi) e Odair Pereira (Scott/Fittipaldi), segundo e terceiros colocados respectivamente. Um pouco depois chegaram os catarinenses Gilberto Góes (Trust/FELEJ) em quarto, e Luis Henrique Visentainer, da categoria Sub-23, completou o pódio.

A campeã entre as mulheres Tânia Clair Pickler, de Indaial (SC)

No feminino, a catarinense Tânia Clair Pickler da equipe Assiclo, de Indaial, foi a grande campeã com o tempo de 2h05min55s nos 52 quilômetros. Tânia comemorou o aniversário de 25 anos no sábado e ficou feliz com o resultado na prova. “Eu gostei bastante desse evento de mountain bike. O percurso estava muito bonito e o evento organizado como sempre”, comentou.

Um momento que emocionou ao público foi a chegada do ciclista da categoria PNE (Portadores de Necessidades Especiais) Styves Mafra Tambosi (Tribo das Bikes), de Itajaí. Styves é portador de uma doença rara chamada síndrome de Wilson e superou todas as limitações motoras para completar os 26km em 2h57min53s. O atleta foi muito aplaudido no alto do pódio ao lado de Márcio May.

A organização inovou com a cronometragem por chip da Sistime e os resultados parciais e finais foram divulgados em telões de LCD quase que instantaneamente. No fim, cada inscritos recebeu um SMS no celular com o tempo e o resultado individual. Após a premiação, a organização promoveu o sorteio de uma mountain bike Scott modelo Aspect 60. O ganhador foi o gaúcho Lucio Prates Costa, da cidade de Rosário do Sul, que viajou mil quilômetros para prestigiar o evento.

Márcio May (de camisa branca) entrega a bike para Lucio Prates Costa, de Rosário do Sul

A primeira edição do MTB Marathon Márcio May Pedra Branca foi uma realização de Márcio May e Cicles Hoffmann, com o patrocínio do Condomínio Cidade Universitária Pedra Branca, Toposolo, Toplands Empreendimentos, Firenze Business Park, com o apoio da Scott, Continental, Fizik, Crank Brothers, PZ Racing, Carbo Gel, SUUM, Caloi, Honey Stinger, Santa Rita, Diklatex, Slaviero, VZan, revista Bike Action e Phipasa, com a arbitragem e supervisão da Federação Catarinense de Ciclismo e cronometragem com chip da Sistime.

Todas as informações sobre a prova, incluindo resultados, fotos e vídeos estão no site www.marciomay.com.br