Seleção brasileira disputa Mundial de Bicicross nesta semana na Dinamarca

HomeCompetições

Seleção brasileira disputa Mundial de Bicicross nesta semana na Dinamarca

Seis atletas tentarão a vitória no campeonato que vai de quarta a domingo em Copenhagen

A delegação brasileira é uma das atrações do Campeonato Mundial de Bicicross, entre quarta e domingo (27 a 31), em Copenhagen, na Dinamarca. Bianca Quinalha, Priscilla Carnaval, Renato Rezende, Squel Stein, Igor Martins Ferreira e Naiara de Almeida Silva são os representantes do País.

“Vamos participar com um grupo bastante forte. Apesar da pouca idade são atletas bem experientes e com resultados expressivos no currículo. A maioria dos pilotos fez parte do intercâmbio criado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) para ajudar na preparação da seleção e isso fará a diferença”, comentou Guilherme Pussieldi, técnico da seleção.

Os pilotos treinaram para o Mundial no Centro Mundial de Treinamento da União Ciclística Internacional (UCI), em Aiglé, na Suíça.

“Este campeonato é o mais importante e disputado do ano, todos os atletas se prepararam com o objetivo de vencê-lo. Estou muito confiante e nossa equipe é forte. A pista vai proporcionar muita disputa e vamos com tudo para conquistar bons resultados para o Brasil,” ressaltou Renato Rezende, que se recuperou de grave lesão no primeiro semestre e defenderá seu título na categoria Elite Cruiser.

Bianca Quinalha e Priscilla Carnaval foram muito elogiadas pelos profissionais do Centro Mundial de Treinamento e conseguiram ótimos resultados no Campeonato Europeu. Apesar de estar se recuperando de lesão Bianca Quinalha não esconde a confiança.

“Faz um mês que sofri uma queda e tive de operar a mão (escafoide). Por isso, voltei a andar de bike há duas semanas, mas a cada dia me sinto melhor. Minha expectativa é muito boa. Este é meu ultimo ano na categoria Junior e vou dar o máximo conquistar o titulo”.

Priscilla, que disputa seu terceiro Mundial, destacou a preparação realizada na Suíça.

“Foi muito importante para podermos chegar ao Mundial bem preparados. A pista é ótima e apesar de competir contra as melhores do mundo estamos prontos para brigar de igual por igual” comentou.

Mais informações no site www.cbc.esp.br