Santiago Ascenço e Vanesa Gianinni vencem Troféu Brasil de Triathlon

HomeCompetições

Santiago Ascenço e Vanesa Gianinni vencem Troféu Brasil de Triathlon

Prova em Santos foi marcada pelas dificuldades do vento forte.

Foto de Cinara Piccolo

Os campeões da terceira etapa

O mais do mesmo, mas em grande estilo. Os triatletas Santiago Ascenço e Vanessa Gianinni venceram, pela segunda vez no ano, no 21º Troféu Brasil de Triathlon, a mais importante competição do gênero feita na América Latina.

Mas, ao contrário da etapa de abertura, também realizada em Santos (SP), a disputa deste domingo exigiu muito dos competidores em razão do forte vento. Ao final dos 1,5k de natação, 40k de natação e 10k de corrida, Santiago venceu a terceira etapa com o tempo de 1h51min40seg, enquanto Vanessa precisou de 2h08min28seg para garantir o topo do pódio.

Foi a terceira vitória seguida de Ascenço, que deu mais um importante passo rumo ao titulo, enquanto Vanessa se recuperou da prova anterior, em São Paulo, quando terminou em quinto, após penalização.

A quarta etapa será no dia 30 de outubro, mais uma vez em Santos, ficando o término da temporada no dia 11 de dezembro.

O retorno do 21º Troféu Brasil de Triathlon a Santos aconteceu em um dia de clima bastante confuso. Chuva, sol, frio e muito vento, mas muito vento mesmo, marcaram o domingo. Líder da competição, Santiago Ascenço mostrou que não seria nada fácil batê-lo no evento. Ele saiu da água em sétimo, completou a primeira volta do ciclismo na segunda posição, assumindo a ponta antes mesmo da transição. Num belo duelo com o jovem Adriano Sacchetto, Santiago fez bonito, vencendo a terceira etapa seguida com pouco mais de 30 segundos de vantagem.

“Foi uma prova dura em razão do vento, especialmente no ciclismo. Saí da água bem, pois venho trabalhando forte nisso, para assumir a ponta no final da bike. Depois tive uma boa briga com o Adriano, mas consegui manter o ritmo e vencer mais uma vez.”, explicou o triatleta goiano, de 31 anos.

“O Troféu Brasil é minha grande meta neste ano e vou lutar muito por esta conquista”, finalizou.

No feminino, Vanessa saiu em terceiro da água, mas assumiu a ponta logo, posição que manteve sem muitos problema até cruzar a linha de chegada, com boa folga para as adversárias.

“Foi a prova mais difícil desta temporada. O vento estava muito forte no ciclismo e quem não veio preparado sofreu bastante. Felizmente, deu tudo certo para mim”, afirmou a atleta de Campinas, interior de São Paulo.

“Consegui me recuperar na classificação e isso é o que importa. A briga pelo titulo deverá ser assim até o final da temporada e estou preparada”, finalizou.
Os cinco melhores profissionais da etapa foram os seguinte:

Masculino
1º) Santiago Ascenço (BRA-GO), 1h51min40seg
2º) Adriano Sacchetto, 1h52min19seg
3º) Guilherme Manocchio (BRA-PR), 1h54min22seg
4º) José Augusto Antunes Filho (BRA – ), 1h55min15seg
5º) Antônio Manssur Filho (BRA- SP), 1h57min10seg

Feminino
1ª) Vanessa Gianinni (BRA-SP), 2h08min28seg
2ª) Carolina Furriela (BRA-SP), 2h11min15seg
3ª) Fernanda Garcia (BRA – SP), 2h13min40seg
4ª) Ariane Monticeli (BRA-SP), 2h18min32seg
5ª) Priscila Rocha (BRA-SP), 2h19min52seg.

Mais informações no site www.trofeubrasil.com.br