Desafio Márcio May reúne 560 ciclistas em SC

HomeCompetições

Desafio Márcio May reúne 560 ciclistas em SC

A vitória na categoria Elite do Ciclismo foi de Everson Assis Camilo, que bateu Ricardo Pscheidt no sprint final, e fechou a prova em 2h53min03s

A quinta edição do Desafio Márcio May de Estrada e Ciclismo agitou a cidade de Rio do Sul, em Santa Catarina. A cidade de 62 mil habitantes a 170km de Florianópolis ficou pequena para receber mais de 560 ciclistas e seus familiares no último domingo, dia 27 de novembro.

Desafio Marcio May 2011

Largada da categoria ciclismo. Evento foi sem chuva em 2011

Os atletas foram divididos em 30 categorias e puderam escolher entre três percursos: 84km para o ciclismo, 60km para o mountain bike e 46km para as categorias light. O trajeto maior foi do centro de Rio do Sul, passou por Lontras e seguiu até a cidade de Presidente Nereu, ida e volta, com duas fortes subidas de serra.

A vitória na categoria Elite do Ciclismo foi de Everson Assis Camilo, que bateu Ricardo Pscheidt no sprint final, e fechou a prova em 2h53min03s. Cleiton Fadanelli foi o terceiro, a 1s973.

Desafio Marcio May 2011

Decisão no sprint na categoria ciclismo: Pscheidt (esquerda) versus Everson Camilo

No ciclismo feminino, o nível vem aumentando a cada ano. Desta vez quem levou o título foi a gaúcha Luisa Helena Silva Saft com o tempo de 2h44min57s. Na segunda colocação ficou a santista Luiza Bello com 2h56min13s.

A maior novidade dessa edição foi o uso de chip na cronometragem feita pela empresa goiana Sistime, que publicou os resultados instantaneamente em um telão instalado na área de chegada. Após a prova, todos inscritos receberam uma mensagem SMS com o tempo e a classificação.

Desafio Marcio May 2011

A forte subida de serra de 4km para Presidente Nereu com até 26% de inclinação

Segundo o organizador do evento Márcio May, essa edição foi a disputada de todas. “Depois da serra de Presidente Nereu, o Pscheidt se destacou. Em Lontras, o pessoal o alcançou. Isso mostra que a prova foi acirrada”, conta Márcio.

Na categoria mountain bike, realizada no asfalto, mais uma vez a vitória ficou com Diego Gabrislowski, do Clube Campolarguense, que conquistou sua terceira vitória consecutiva na prova marcando 1h49min02s, contra 1h49min04s de Marcelo Moser (Padaria Real-Sorocaba), de Blumenau, que ficou com a segunda colocação. No categoria feminino 16-29 anos a história se repetiu e Tânia Picker, de Indaial, também faturou o tricampeonato com 2h03min56s. Ina Ostrom, de Florianópolis, foi a segunda colocada com 2h06min21s.

Desafio Marcio May 2011

Stives Tambosi da PNE

OPORTUNIDADE PARA TODOS

Para May a diversidade de atletas é o grande sucesso da prova. “Quando tive a ideia de fazer a prova queria fazer uma competição que todos pudessem participar. Queria que fosse uma disputa que o pessoal não tenha só o objetivo de ganhar a prova. Ás vezes quer ganhar só do amigo que trabalha no dia a dia”.

O evento ofereceu também a categoria PNE (Portadores de Necessidades Especiais) que teve a participação de cinco deficientes visuais vindos de Florianópolis. Eles pedalaram bicicletas do tipo Tandem (para duas pessoas).

Entre os destaques da PNE, estava Stives Tambosi, que tem uma síndrome rara e que participou pela segunda vez de uma competição em Santa Catarina organizada por Márcio May. “É emocionante, ele desenvolve a coordenação motora sobre a bike. Isto motiva outros atletas com limitações a participarem do nosso evento”, afirma o organizador.

Mais informações, fotos e resultados completos no site www.marciomay.com.br