Bicicross do Brasil ainda sonha com vaga olímpica

HomeCompetições

Bicicross do Brasil ainda sonha com vaga olímpica

Atletas marcaram presença em Mundial na Norega, mas não conseguiram pontuação necessária para Londres; póxima oportunidade será na Bolívia, entre os dias 25 a 29 de abril

Foto: divulgação

Bicicross do Brasil ainda sonha com a vaga olímpica

A brasileira Bianca Quinalha, que participou de prova na Noruega

O bicicross do Brasil vive momentos de expectativa. É que ainda não está definido se os atletas vão conquistar vaga para os Jogos Olímpicos. Na terceira etapa da Copa do Mundo de Supercross, realizada entre os dias 13 e 14 de abril, em Randaberg, na Noruega, a seleção brasileira marcou presença, mas não garantiu a ida a Londres.

Nas etapas classificatórias do masculino os melhores resultados vieram com Renato Rezende, sexto colocado em sua bateria, nas oitavas de final (nas oitavas de final se classificam os quatro primeiros de cada bateria). Outro piloto, Igor Ferreira, pela primeira vez conseguiu se classificar para as oitavas de final de uma prova de Supercross, e concluiu na oitava colocação da sua bateria. Hugo Osteti não conseguiu se classificar.

Entre as disputas da categoria feminina a melhor brasileira foi Bianca Quinalha. A atleta conseguiu sua melhor participação em uma etapa da Copa do Mundo de SX. Bianca terminou na oitava colocação em sua bateria. As brasileiras Squel Stein e Thaynara Morosini não conseguiram se classificar, assim como Priscilla Carnaval, que caiu duas vezes ao sair do gate e também ficou fora das finais.

A vitória ficou com o norte-americano Connor Fields, líder do ranking mundial da categoria Elite Men, e o segundo lugar com o australiano Sam Willoughby, que é vice-líder do ranking mundial. O melhor sul-americano na prova foi o colombiano Carlos Zabala, que conseguiu a 3ª posição. Connor Fields já havia vencido a etapa de abertura da Copa do Mundo no mês passado em Chula Vista, nos Estados Unidos.

Os pilotos brasileiros que tentam conquistar a vaga para o Brasil nas Olimpíadas têm mais três oportunidades para melhorar a pontuação. A próxima será no Campeonato Pan-americano, de 25 a 29 de abril em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Em seguida, será disputada a 3ª etapa da Copa do Mundo de Supercross nos dias 12 e 13 de maio, em Papendal, na Holanda. A competição que fecha o rankeamento olímpico e define países e atletas que participarão do torneio de bicicross das Olimpíadas 2012 será o Campeonato Mundial de 24 a 27 de maio em Birminghan, na Inglaterra.

A definição das vagas olímpicas dependerá da posição do país no ranking mundial de nações da UCI. Na Elite Men, o Brasil ocupa a 13ª posição e precisa ficar em 11º para assegurar automaticamente pelo menos uma vaga na categoria masculina.