Pedalada na Rota Márcia Prado será dia 9 de dezembro

HomeCicloturismo

Pedalada na Rota Márcia Prado será dia 9 de dezembro

Percurso que homenageia ciclista que morreu em 2009 começa no Grajaú e termina em Santos

Fotos de divulgação

Pedalada atravessa o Parque da Serra do Mar, Cubatão e termina em Santos

O Instituto CicloBR promove no dia 9 de dezembro pedalada pela Rota Márcia Prado. O percurso é inspirado no trajeto da última viagem que a ciclista Márcia Prado realizou antes de morrer, em janeiro de 2009, vítima de um atropelamento. A rota, partindo do Grajaú, tem um trajeto de 80 quilômetros. Já da Ciclovia da Marginal, são 100 quilômetros.

A rota é indicada para pessoas que já pedalam com certa regularidade. Uma boa maneira de saber se o biker conseguirá fazer o trajeto com tranquilidade é realizar um pedal na cidade de cerca de 40 quilômetros em um intervalo de 3 horas. Se conseguir sem grandes dificuldades, é bem provável que esteja apto.

A Rota Márcia Prado é uma sugestão cicloturística feita pelo Instituto CicloBR que, desde 2009, vem encabeçando negociações com vários órgãos governamentais para que essa rota seja aberta em definitivo.

Em 2009, em um evento-teste, o trajeto foi todo sinalizado, desde o Grajaú até a cidade de Santos, para demonstrar tanto a viabilidade quanto o potencial da rota. Nesse evento, mais de mil ciclistas saíram de São Paulo e chegaram ao litoral paulista. A partir daí, o  CicloBR decidiu organizar anualmente um grande passeio cicloturístico pela Rota Márcia Prado.

Edição 2012
Em 2012, a parceria com a CPTM será mantida. Os ciclistas poderão ir de trem até a estação Grajaú . As estações liberadas para o embarque dos ciclistas serão Vila Lobos, Cidade Universitária, Pinheiros e Vila Olimpia. O outro ponto de partida será na Ciclovia da Marginal Pinheiros, junto à estação Vila Olímpia, com uma saída simbólica às 7h no mesmo local. Portanto, para o ciclista entrar no pelotão, basta aparecer até as 7h no início da Ciclovia da Marginal Pinheiros junto à estação Vila Olímpia.

O ciclista que não quiser ou não conseguir se juntar a essa turma poderá acessar a rota tanto da Ciclovia como da estação Grajaú, usando ou não o sistema da CPTM. A única preocupação é chegar ao Parque da Serra do Mar até as 15h, pois, a partir desse horário, não será permitido que o ciclista acesse o parque, para que ele não corra o risco de ter que pedalar à noite.

 

Entrada do Parque da Serra do Mar

Nesta edição, para agilizar o acesso ao Parque da Serra do Mar, a autorização efoi colocada também on-line. Todos terão de preencher o termo de responsabilidade, ou on-line, ou na entrada do Parque. Fazer inscrição

A participação é gratuita.

Dicas para cicloturistas iniciantes
Faça já uma revisão na bicicleta, principalmente nos freios e, se necessário, troque, pois eles serão bem exigidos na descida da serra. Na entrada do Parque, voluntários do Instituto CicloBR farão uma avaliação em cada bicicleta, verificando principalmente o sistema de freios e, se eles não estiverem em boas condições, não será permitido que o ciclista acesse o percurso do parque.

O trajeto é em sua maior parte em ruas asfaltadas, mas há cerca de 20 quilômetros em terra. Se vai dormir no litoral e precisará levar roupas, instale um bagageiro na bicicleta e coloque sua bagagem nele. Nas costas leve no máximo uma mochila de hidratação.

Se vai voltar no mesmo dia, a sugestão é ir de ônibus até o Jabaquara. Se o biker vier de carro de fora de São Paulo, o melhor a fazer é estacionar o carro nas proximidades da estação Jabaquara e de lá seguir pedalando até a estação Vila Olímpia da CPTM.

Hidrate-se muito durante a viagem e se alimente, jamais pedale com fome.

Dúvidas? Mande um e-mail para rotamarciaprado@ciclobr.org.br ou leia mais aqui