Vencedor do Tour de France de 1997, Ullrich admite doping pela primeira vez

HomeÚltimo KM

Vencedor do Tour de France de 1997, Ullrich admite doping pela primeira vez

Único alemão a vencer a Volta da França, ciclista confessou esquema em entrevista para a revista Focus. Sobre seu antigo adversário na estrada, Lance Armstrong, declarou: “Nós dois somos culpados. Eu não sou melhor do que ele, mas também não sou pior”

Foto de divulgação

Jan Ullrich (foto), o único alemão vencedor do Tour de France, na edição de 1997, admitiu pela primeira vez ter recorrido ao uso de doping em entrevista para a revista alemã Focus. O ciclista de 39 anos sempre se declarou inocente mas, para a publicação, afirmou que recorreu ao doping sanguíneo – vale lembrar que, durante a “Operação Puerto”, amostras do seu sangue foram encontradas na investigação das autoridades espanholas centradas na figura do médico Eufemiano Fuentes, que forneceu substâncias ilegais a diversos atletas.

No ano passado, Ullrich foi penalizado com dois anos de suspensão pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS). O ciclista, que abandonou as competições em 2007, teve todos os seus títulos retirados desde maio de 2005 pelo TAS.

Na entrevista à Focus, Ullrich diz que “quase todos” os ciclistas recorriam ao dopingt e justificou-se na ideia da “igualdade de oportunidades” entre todos os atletas. “Quase todos tomaram substâncias que melhoravam o rendimento. Eu não tomei nada que os outros não tomavam. Para mim a fraude começa quando alguém sai com uma vantagem. Isso não foi assim. Só queria garantir igualdade de oportunidades”, disse Ullrich.

Sobre seu antigo adversário na estrada, Lance Armstrong, que admitiu doping e perdeu seus títulos, Ullrich declarou: “Nós dois somos culpados. Eu não sou melhor do que Armstrong, mas também não sou pior”.

Veja em vídeo aqui