Ribeirão Preto inaugura escola Pedalando para o Futuro

HomeAgenda

Ribeirão Preto inaugura escola Pedalando para o Futuro

Projeto vai atender 960 crianças, entre 5 e 13 anos

Foto de divulgação

Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro

Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, acaba de inaugurar a Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro. O projeto irá atender 960 crianças da cidade, de 5 a 13 anos, dos Núcleos de Assistência Social da cidade e do CEJA (Centro de Jornada Ampliada). Serão apresentadas às crianças informações de trânsito, com aulas teóricas e práticas.

“Há um mito que diz que a bicicleta deve ser conduzida na contramão pois dá a impressão que vendo o veículo na sua frente a segurança é maior, mas é justamente o contrário. O veículo chega mais rápido a você, que fica exposto”, ensina Dagoberto Vieira, chefe de planejamento e projetos da Transerp.

A bicicleta é um veículo que não precisa de habilitação e menores de idade também pode usá-la nas ruas, por isso, segundo Vieira, a escola terá um papel fundamental. “Normalmente, principalmente as crianças e adolescentes, usam a bicicleta sem cumprir as regras de trânsito. É um meio de transporte que precisa de equipamentos de segurança e a maioria não usa. Creio que a escola irá conscientizar boa parte da população”, disse Vieira.

“Queremos utilizar o projeto para orientar as crianças para que elas aprendam a andar de bicicleta de forma correta. Não queremos que usem a bicicleta de forma inadequada como pegando rabeira em caminhões ou ônibus. Isso é muito comum na cidade e tem que acabar”, destacou Flávio Philipino, coordenador da Escola de Ciclismo.

As aulas acontecerão de segunda a quinta-feira das 14h às 17h. As crianças irão receber cartilha, camiseta, squeezes e lanche (diariamente), além de um certificado ao final do curso.

Ciclista da Seleção estará nas aulas
A ciclista Mariane Ferreira que compete pela equipe de ciclismo de Ribeirão Preto/Botafogo (São Francisco Saúde/Açúcar Caravelas/Gold Meat/SME), e também é atleta da Seleção Brasileira, irá participar das aulas como uma das professoras. “Ela poderá passar uma experiência a mais às crianças e incentivá-las a prática do ciclismo como esporte também”, comentou Flávio Philipino.

O projeto Pedalando para o Futuro tem o patrocínio da Coca-Cola e da Usina Alta Mogiana, co-patrocínios da Bike Center, Caloi e Fundição Batatais, e apoios de Cece Acessórios, Passalacqua, Molyplast, Cirúrgica Mafra, Mialich Supermercados, LS Nogueira, Associação Terra de Ciclismo, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Secretaria Municipal de Esportes Secretaria de Assistência Social e Transerp. O apoio Institucional é da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, SELJ e Governo do Estado de São Paulo.