Bikemagazine pega carona com o carro de apoio neutro da Shimano

HomeCompetiçõesCiclismo

Bikemagazine pega carona com o carro de apoio neutro da Shimano

Veja como foi o front da Etapa Rainha da Volta da Turquia

Texto e fotos de Marcos Adami

no carro de apoio neutro Shimano
Na 3ª etapa da Volta da Turquia, nesta terça-feira (29 de abril), o Bikemagazine acompanhou de camarote o front da etapa Rainha no carro de apoio neutro da Shimano. Foram 185km de Finike, no litoral do Mar Mediterrâneo, até o alto de Elmali, a 1.850 metros sobre o nível do mar. Nossa viagem foi em companhia do motorista Tom Claes e do mecânico Van Laer Gerry (foto acima), ambos belgas.

A Shimano é uma das apoiadoras do evento e participa com uma moto e três carros de apoio neutro.  Cada carro leva cinco pares de rodas (5 rodas dianteiras e 5 traseiras), todas para transmissões  de 11 velocidades. As rodas também servem em bikes equipadas com grupos Campagnolo e SRAM.

As equipes também podem colocar suas rodas no carro, normalmente dos atletas melhor colocados na geral e com maiores chances de pódio na etapa. Para a montanha, alguns ciclistas equiparam suas bikes com cassetes de até 32 dentes.

2014-bike-reserva-shimano-neutro-volta-da-turquiaNo rack de teto, cada carro leva ainda 2 bikes completas (uma no tamanho grande e outra pequena) equipadas com grupo eletrônicos Di2, rodas Shimano Dura-Ace e pneus CST.

“Não trazemos peças sobressalentes, pois durante a corrida é impossível fazer reparos. Quando temos algum problema mais complexo, simplesmente damos uma bike para o atleta seguir a etapa”, contou Gerry.

2014-shimano-neutro-moto-de-apoio-volta-da-turquiaA moto leva 2 pares de rodas, além de água e algumas latas de refrigerantes. O carro leva também bebidas e barras de chocolate e eventualmente abastece os fotógrafos e o operador de câmera da motolink que acompanha os líderes da prova.

A função do carro neutro é ajudar ciclistas que tenham algum problema mecânico ou pneu furado e que, por algum motivo, não puderam ser ajudados por seus carros de apoio. Para fugas com até 30 segundos de vantagem, a assistência é feita pela moto. Fugas com mais de um minuto são acompanhadas pelo carro neutro da Shimano.

2014-shimano-neutro-moto-de-apoio-volta-da-turquiaUm carro de apoio fica na traseira do pelotão e o outro fica livre para acompanhar algum eventual grupo que se forme. “Depende muito do andamento da corrida”, explica Tom. Além de sintonizados na Rádio Tour, os veículos Shimano têm um sistema de rádio de comunicação próprio para troca de informações.

2014-shimano-neutro-moto-de-apoio-volta-da-turquia

A etapa até o alto da montanha foi tranquila e sem nenhuma ocorrência mecânica, apenas fomos procurados para abastecimento de água e Coca-Cola. Apesar dos ataques logo no início da corrida, o pelotão se manteve compacto até o primeiro prêmio de montanha no Km 45, quando se formou uma fuga com 6 atletas.

Acompanhamos a fuga bem de perto, junto com uma motolink que fazia imagens ao vivo para o canal Eurosport, que detém os direitos exclusivos de transmissão do evento. Acima de nós, um dos helicópteros garantia belas imagens para a TV.

2014-shimano-neutro-moto-de-apoio-volta-da-turquiaFaltando 75km para o fim, a estrada estreitou bastante na subida para o segundo prêmio de montanha e a fuga se reduziu a 4 ciclistas que administravam 2min45s de vantagem sobre o pelotão. Antes do início da subida que levava ao topo, ouvimos no Rádio Tour que houve uma queda no pelotão. A fuga perdia seu passo, o pelotão aumentou o ritmo e a diferença caiu para 1min20s.

A 12km para a chegada, já no pé da última escalada, a fuga foi neutralizada e um grupo de 20 ciclistas se destacou. A 3km da meta os ciclistas Rein Taaramae, da Estônia, e o britânico Adam Yates atacaram, passaram pelo nosso carro e seguiram decididos para a vitória. Espectadores corriam ao lado dos ciclistas como nas etapas de montanha das grandes voltas europeias. O estoniano levou a melhor, cruzou com 6 segundos de vantagem e assumiu a liderança.