Fernando Alonso confirma patrocinador de nova equipe de ciclismo

HomeCiclismoÚltimo KM

Fernando Alonso confirma patrocinador de nova equipe de ciclismo

Fundo de gestão esportiva Novo Group Holdings, dos Emirados Árabes, é o parceiro do projeto do piloto espanhol de F1

Nairo Quintana recebeu a maglia rosa de Fernando Alonso na 18ª etapa do Giro

Nairo Quintana recebeu a maglia rosa de Fernando Alonso na 18ª etapa do Giro de 2014

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

Em comunicado à imprensa enviado nesta terça-feira (30 de setembro), o fundo de gestão esportiva Novo Group Holdings, dos Emirados Árabes, confirma que é o parceiro de Fernando Alonso na criação de uma nova equipe de ciclismo. “Estou emocionado por fazer parte deste novo empreendimento”, diz o piloto espanhol e duas vezes campeão mundial de Fórmula 1 no comunicado.

O projeto da equipe de ciclismo de Alonso já cumpriu boa parte do que prevê o regulamento da UCI e pagou uma taxa de 16 mil euros para dar andamento no projeto. Se ainda estiver nos planos ser uma equipe da 1ª divisão, neste dia 1º de outubro, pelas regras, tanto Alonso quanto o restante das equipes do World Tour têm de apresentar pré-contratos com 10 atletas, garantir 25% do orçamento e informar seus patrocinadores.

No comunicado à imprensa , que foi enviado de Dubai enquanto Alonso se prepara para o GP do Japão, neste final de semana, não há indicação se a equipe será World Tour ou Continental e a questão econômica é mais destacada.

 Sobre a decisão do grupo financeiro de investir na empreitada, Pillai indica que o ciclismo está em alta. “Nossa pesquisa aponta para certos segmentos do mercado em que a participação, o consumo e o interesse da mídia estão aumentando e o ciclismo é um deles”, afirma o porta-voz do Novo Group, Nathan Pillai.

“Inspirados pelo que aprendemos na F1, vemos oportunidades em produtos de alta performance, conteúdo e na área de vestuário e acessórios. Queremos criar uma economia competitiva, uma equipe sustentável, que seja admirada por sua inovação, transparência e compromisso com a responsabilidade social”, aponta Pillai.

“Eu tenho a sorte de ter trabalhado com algumas das empresas mais desejadas e inovadoras do mundo, como Ferrari, Oakley, Renault e McLaren”, acrescenta Alonso. “Eu sei o que faz uma organização ter sucesso. É esta experiência e vontade de vencer que vou trazer para este projeto”, completa o piloto, que termina a temporada da F1 no dia 23 de novembro, em Abu Dhabi. Até lá outras pistas o esperam.