Promotor diz que Máfia pode estar envolvida no caso Pantani

HomeCiclismoÚltimo KM

Promotor diz que Máfia pode estar envolvida no caso Pantani

Após análise de depoimento sobre esquema de apostas ilegais, mafioso que apostou contra a vitória de Pantani no Giro D'Itália dá pista para nova investigação

Marco Pantani com a maglia rosa

Marco Pantani com a maglia rosa

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

A fatídica expulsão de Marco Pantani do Giro D’Itália de 1999, após a subida a Madonna di Campiglio, está no centro das atenções de mais uma investigação sobre o ciclista, desta vez feita pelo promotor público Carlo Sottani, em Forli, na Itália. Uma das linhas de apuração analisa o envolvimento da Máfia em fraudes esportivas e apostas ilegais.

O italiano Marco Pantani: circunstâncias da morte serão investigadas

Pantani na vitória do Giro D’Itália de 1999

Quem teria lucrado com a derrocada de Pantani?

Na nova investigação, trechos de depoimento de 2007 do mafioso italiano Renato Vallanzasca sobre apostas ilegais foram analisados. Enquanto estava na prisão, em 1999, Vallanzasca apostou contra Pantani, apesar de todas as indicações de que o Giro D’Itália estava definido e que o ciclista italiano iria vencer pelo 2º ano seguido. Mas, na ocasião, o mafioso teria dito que Pantani não iria terminar a prova. Não foi divulgado quanto ele teria lucrado.

A organização criminosa italiana pode, inclusive, ter relação com o resultado do teste que acusou o doping de Pantani logo após a etapa de 5 de junho de 1999, mas o promotor não divulgou mais detalhes. Na ocasião, Pantani estava com a maglia rosa, tinha uma vantagem de mais de 5 minutos no topo da classificação e havia somente mais uma etapa de montanha no caminho. Além disso, estava no auge, após vencer no ano anterior o Giro D’Itália e o Tour de France.

Depois de ser expulso do Giro e tirado pela polícia, o que se tornou um fenômeno de mídia na época, Pantani entrou em uma fase difícil e depressiva. O ídolo do ciclismo ainda tentou voltar às competições e chegou a vencer duas etapas do Tour de France de 2000, suas duas últimas vitórias. No Valentine’s Day de 2004, no dia 14 de fevereiro, Pantani foi encontrado morto em um quarto de hotel, supostamente por causa de overdose de cocaína. Mas em outra investigação que está sendo feita, em Rimini, o promotor Paolo Giovagnoli investiga a hipótese de homicídio. Veja mais aqui

O que mais não se sabe sobre Pantani?