MTB do Brasil se prepara para o Pan-Americano

HomeCompetiçõesMountain bike

MTB do Brasil se prepara para o Pan-Americano

Altitude é um dos desafios da competição, cuja prova de cross country será neste domingo (29 de março)

O catarinense Ricardo Pscheidt em prova nos EUA Foto: Matt DeLorme

O catarinense Ricardo Pscheidt em prova nos EUA Foto: Matt DeLorme

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O primeiro desafio internacional da Seleção Brasileira de Mountain Bike nesta temporada é o Pan-Americano de MTB em Cota, na Colômbia. Participam das provas de cross country Henrique Avancini, Rubens Donizete, Ricardo Pscheidt, Fred Nascimento, Sherman Trezza de Paiva, Luiz Henrique Coccuzi (Sub-23), Raiza Goulão, Isabela Lacerda e Erika Gramiscelli. No downhill, o representante é Lucas Bertol.

Henrique Avancini na última prova da etapa da CIMTB em Araxá Foto: Bruno Fernandes/Nois Pedala

Avancini na última prova da CIMTB em Araxá Foto: Bruno Fernandes/Nois Pedala

A prova de mountain bike XCO para as categorias Elite masculino e feminino e Sub-23 masculino e feminino são no domingo (29 de março). As finais do downhill são no sábado (28 de março).

Segundo o treinador da Seleção Brasileira, Cadu Polazzo, o desafio é um dos mais importantes do ano, por ser uma das competições que valem mais pontos no ranking olímpico. Na Elite, a vitória garante 200 pontos; segundo e terceiro valem 150 e 120 pontos, respectivamente. “O Pan-Americano é fundamental na busca das vagas olímpicas”, alerta.

Enfrentar a diferença de altitude será um diferencial. “A competição será realizada a 2.500 metros acima do nível do mar e a adaptação a essa condição é diferente para cada pessoa. Isso será fundamental no desempenho”, diz.

Henrique Avancini se adiantou e viajou para a Colômbia há dez dias, acompanhado do seu técnico, Hélio de Souza. “O período de adaptação e treinamento na altitude é muito importante para mim. Optei por fazer esse período de treinamento ao invés de chegar próximo a competição, pois desta maneira o efeito pós-prova é menos agressivo com o organismo”, explicou.

Em 2014, Avancini era um dos favoritos, mas caiu e depois teve um pneu furado, terminando na 11ª colocação. O melhor brasileiro foi o catarinense Ricardo Pscheidt, no sexto lugar. Nesta temporada, Pscheidt foi disputar provas na Califórnia, nos Estados Unidos, em um intercâmbio com a equipe Trek Factory Racing de MTB. “Foi um fim de semana de ritmo intenso, mas agora é recuperar”, contou.

Rubens Valeriano, da Aoo Specialized

Rubens Valeriano, da Aoo Specialized

Rubens Donizete Valeriano, que já acumula quatro pódios internacionais nesta temporada, acredita em um excelente resultado, mas não descarta a preocupação com a altitude. “Realizei um trabalho especifico para esse Pan e estou me sentindo muito bem. Tivemos a preocupação de tentar chegar o mais cedo possível aqui na Colômbia para não sofrermos com a altitude, que acredito ser um dos nossos grandes adversários. O percurso eu achei bastante duro, com várias subidas íngremes. Como está chovendo bastante, precisamos adequar o equipamento certo para nada dar errado. Mas acredito que as dificuldades são para todos e agora precisamos estar focados para conquistar um bom resultado”, disse.