Cobble bike e a importância do ciclista no ciclismo

HomeCompetiçõesCiclismo

Cobble bike e a importância do ciclista no ciclismo

No ciclismo, o mais importante continua sendo o ciclista, como nos lembrou o Tour de Flanders deste domingo

Bradley Wiggins no Tour de Flanders

Bradley Wiggins no Tour de Flanders: ciclista caiu e cruzou a mais de 9 minutos

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

No ciclismo, o mais importante continua sendo o ciclista, como nos lembrou o Tour de Flanders. O atleta é o “componente” mais importante e há certas ocasiões reveladoras, como a presenciada na Clássica belga neste domingo (5 de abril). Antes da corrida, a Sky apresentou sua novidade: a cobble bike Pinarello Dogma K8-S. Mas, no final da prova, nenhum atleta da equipe estava no Top 10.

Quadros da equipe Sky separados para o Tour de Flanders

Quadros da equipe Sky separados para o Tour de Flanders

Novidade  na tecnologia de melhor absorção das trepidações

Novidade na tecnologia de melhor absorção das trepidações

Geraint Thomas era a grande aposta da Sky e a equipe, por boa parte da prova, dominou o pelotão. Mas faltou pernas para o britânico, que talvez tenha perdido energia em momentos desnecessários e não encarou o trecho final como o esperado. Acabou em 14º. Sir Bradley Wiggins não teve a chance de experimentar a cobble bike por muito tempo, pois se envolveu em uma queda e cruzou a mais de 9 minutos.

Infográfico divulgado pela Pinarello

Infográfico divulgado pela Pinarello (clique para ampliar)

Segundo a Pinarello, a Dogma K8-S foi criada especialmente para andar nos paralelepípedos presentes nas Clássicas de Primavera, etapas de pavé do Tour de France e por aí vai. A nova bike apostou na aerodinâmica e na melhor absorção das trepidações, de acordo com material promocional, apresentado em infográfico.

No próximo domingo (12 de abril) tem mais. É hora da Paris-Roubaix e de dar mais uma chance para a cobble bike.

O norueguês Alexander Kristoff (Katusha) conquistou uma bela vitória “monumental” no Tour de Flanders.  Leia sobre a prova aqui