Teste Bikemagazine: avaliamos o capacete Giro Synthe

HomeLançamentosBike Teste

Teste Bikemagazine: avaliamos o capacete Giro Synthe

Com apenas 252 gramas, produto se destaca pela leveza, aerodinâmica e excelente ventilação

Capacete Giro Synthe

Giro Synthe: detalhe do sistema Roc Loc Foto: Edmilson Bernardi

Marcos Adami / Do Bikemagazine
Fotos Edmilson Bernardi

No ciclismo profissional um ditado afirma que o bom capacete é aquele que você nem percebe que está usando. O modelo Synthe, da marca californiana Giro, é usado por estrelas do ciclismo mundial, como a holandesa Marianne Vos, Taylor Phinney e por inúmeras equipes de ciclismo profissional mundo afora. Baixo peso, ventilação e aerodinâmica avançada são os atrativos do Synthe.

Aberturas garantem ventilação perfeita Foto: Edmilson Bernardi

Desenho aerodinâmico concebido em túnel de vento e ventilação perfeita Foto: Edmilson Bernardi

Novas tecnologias no modelo Synthe Foto: Edmilson Bernardi

Peso de 252 gramas para o tamanho médio (55-59cm) Foto: Edmilson Bernardi

O modelo que testamos pesou exatos 252 gramas no tamanho médio (55-59cm). Além do baixo peso que garante um conforto extra, as 26 aberturas projetadas em túnel de vento garantem uma ventilação perfeita que conta com a ajuda de pequenos canais que permitem a circulação de ar. A tecnologia Roc Loc Air Fit System dispensa a tradicional forração com espumas. No seu lugar, uma fina tira de plástico com múltiplos ajustes permite que o capacete “flutue” sobre o couro cabeludo.

O túnel de vento também ajudou a desenhar a cobertura lateral com inúmeras entradas de ar têm a função de otimizar a ventilação, a aerodinâmica e ainda serve como suporte para os óculos. Sobre a testa, a forração leva tecido com a tecnologia Xstatic, com tratamento antimicrobiano.

Tecnologia Roc Loc Air Fit System dispensa a forração com espumas

Tecnologia Roc Loc Air Fit System dispensa a forração com espumas Foto: Edmilson Bernardi

tecnologia Roc Loc Air Fit System dispensa a tradicional forração com espumas

Detalhe da parte posterior Foto: Edmilson Bernardi

Durante a pedalada, as tecnologias mostram sua eficiência e o resultado surpreende. Praticamente não se sente que se está usando o capacete. O casco, feito a partir da tecnologia In Mold, é compacto o bastante para não interferir no campo visual do ciclista. Essa característica, aliada ao baixo peso e à ventilação excelente dá a sensação de total liberdade para os movimentos da cabeça.

O Giro Synthe é perfeito para o ciclismo de estrada e ciclocross e atende com perfeição também aos praticantes de mountain bike cross country e marathon.

Em 2016 o modelo ganhou também uma versão com a tecnologia MIPS (Multi Directional Impact Protection System) que diminui as forças rotacionais nas quedas e aumenta sensivelmente a proteção contra lesões no cérebro.

O capacete Giro Synthe é importado e distribuído no Brasil pela Isapa e o preço ao consumidor é de R$ 1.299,00 e a garantia é de um ano contra defeitos de fabricação.

Mais informações no site www.giro.com