Despedida: Gilson Alvaristo morre aos 59 anos

HomeÚltimo KM

Despedida: Gilson Alvaristo morre aos 59 anos

Ciclista bicampeão da 9 de Julho estava hospitalizado com pneumonia e não resistiu

Gilson Alvaristo morreu aos 59 anos

Gilson Alvaristo: vida dedicada ao ciclismo

Do Bikemagazine
Foto de arquivo

Um dos grandes nomes do ciclismo nacional, Gilson Alvaristo morreu nesta segunda-feira (28 de março), aos 59 anos, após ser hospitalizado devido a uma pneumonia aguda. O ciclista era atualmente diretor técnico da Federação Paulista de Ciclismo (FPC).

Alvaristo fez do esporte a sua vida, traçando uma carreira vitoriosa dentro do ciclismo nas décadas de 70 e 80. Entre seus feitos, destaque para dois títulos da Prova Ciclística 9 de Julho, criada pelo jornalista Cásper Líbero em 1933 e que voltou às ruas de São Paulo em 2015, e a presença nos Jogos Olímpicos de 1980 (Moscou) e 1984 (Los Angeles). Com grande experiência na modalidade, também faturou dois títulos nacionais de estrada e o Pan-americano no revezamento 4X100.

Fora das pistas, Alvaristo se destacou pela sua dedicação impecável na realização de eventos e outras funções exercidas na Federação Paulista de Ciclismo. No início do mês, Gilson foi hospitalizado devido a uma pneumonia aguda e ficou internado por cerca de 15 dias.

*Nossos sentimentos para a família e os amigos.