Fim do mistério: a nova full suspension da equipe Cannondale

HomeLançamentos

Fim do mistério: a nova full suspension da equipe Cannondale

Nova bike da equipe de Henrique Avancini é apresentada em evento na Itália; confira os detalhes

A nova Cannondale Scalpel SiSL

A nova Cannondale Scalpel SiSL

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Cannondale/Michele Mondini

Desde a primeira etapa da Copa Internacional de MTB, em Araxá (MG), Henrique Avancini fazia mistério sobre a nova bike que usaria na temporada 2016. Finalmente, a Cannondale revelou a novidade, que entra no mercado em 2017, no evento Riva Bike Festival, em Riva del Garda, na Itália, no final de abril, depois que a bicicleta foi testada pela equipe na primeira etapa da Copa do Mundo de MTB, em Cairns, na Austrália.

O alemão Manuel Fumic posa com a novidade

O alemão Manuel Fumic posa com a novidade

Detalhe da nova bike de Fumic

Detalhe da nova bike de Fumic

O alemão Manuel Fumic e o italiano Marco Fontana, companheiros de equipe de Avancini, aproveitaram a ocasião para postar fotos nas redes sociais e apresentaram detalhes da Scalpel SiSL, que passou por uma reengenharia e ganhou uma geometria totalmente nova, que, segundo a marca, deixa a bike mais ágil tanto em subidas quanto em descidas. A bike perdeu também um pouco de peso: 100 gramas.

Para a Cannondale, as mudanças inauguram um novo conceito de mountain bike no mercado a ponto de chamar a bike de XXC, ou “Extreme Cross Country”.

A traseira agora é mais curta

A traseira agora é mais curta

Um dos objetivos do novo produto é satisfazer as necessidades de quem corre provas longas, ao estilo Cape Epic e Brasil Ride, apenas para citar dois exemplos. Outro objetivo da marca é que a bike sirva para ciclistas de diversas estaturas. Assim, a nova Scalpel oferece uma grade de tamanhos que vai do XS, com rodas aro 27,5, até o tamanho XL, com rodas de aro 29. Há também os modelos femininos em aro 27,5 com os tamanhos XS, S e M.

Na geometria, o que mais mudou foi o ângulo da caixa de direção que agora é de 69,5 graus com offset de 55mm, alterações que tornam a bike mais estável, mais fácil de pilotar e de descer drops. Os stays traseiros assimétricos agora estão mais curtos, com 435mm.

Uma das novidades é poder levar duas caramanholas

Detalhe do amortecedor traseiro

A bike aceita pneus com até 2.35mm de largura (vem de fábrica com 2.25mm) e o eixo traseiro é de 142mm. Os links da traseira também mudaram e agora têm menos partes móveis e que não requerem ferramentas especiais para a manutenção. Para quem usa câmbios eletrônicos Di2, o top tube vem com um espaço para embutir a bateria. O quadro vem pronto para receber cabos embutidos, com um sistema que facilita a passagem dos cabos (e a vida dos mecânicos).

Os preços nos Estados Unidos variam de US$ 3.200 (modelo de entrada Scalpel Si 5) a US$ 12.790 (modelo top de linha – Scalpel Si Black Inc). Veja mais no site oficial

CONFIRA O VÍDEO
[youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=OXnmFA36PvI” width=”560″ height=”315″]