Flagramos a Torrone, a ágil e versátil MiniVélo brasileira

HomeLançamentos

Flagramos a Torrone, a ágil e versátil MiniVélo brasileira

Bicicleta que se distingue por seu quadro grande montado sobre rodas pequenas deve chegar ao mercado a menos de R$ 2 mil

MiniVélo Torrone nasceu no Beco do Batman, na Vila Madalena

MiniVélo Torrone nasceu no Beco do Batman, na Vila Madalena

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação / Fabio Piva

O Bikemagazine flagrou na sexta-feira (23 de setembro) um novo conceito de bicicleta que chega ao Brasil. As bicicletas compactas de aro 20, conhecidas como MiniVélo, são uma mistura de BMX, híbrida e singlespeed que nasceram no Japão na década de 70. O lançamento é  da Torrone Custom Bikes, que foi criada no Beco do Batman, na Vila Madalena, em São Paulo, pelo jornalista e fotógrafo Fabio Piva e pelo empresário Marcello Lovece, proprietário da Webbike.

“O nome Torrone é uma brincadeira nossa, que somos amigos há 12 anos. A ideia surgiu a partir da maneira que os italianos apelidam seus compatriotas. Os italianos do Norte chamam os do Sul de terrone, e os do Sul chamam os italianos do Norte de polentone. A brincadeira acabou virando nossa marca”, explica Piva.

Torrone

O conceito MiniVélo se distingue pelo quadro grande montado sobre rodas pequenas

Detalhe da traseira do quadro

Detalhe da traseira do protótipo: Freios V-Brake e geometria quadrada 54x54cm

Torrone

A Torrone pode vir com pneus de cidade ou off-road, singlespeed ou com Shimano Nexus 3

A bike chamou muito a atenção por onde passou na Shimano Fest, em São Paulo. A bicicleta feita artesanalmente se distingue por seu quadro grande montado sobre rodas pequenas. A Torrone é ágil e muito versátil. “Serve para deslocamentos urbanos, passeios no parque e na ciclovia, mas encara até um mountain bike leve. Ontem fizeram até bike trial com ela”, conta Piva.

O quadro de aço carbono tem tamanho único (54x54cm) que atende a ciclistas de estatura de até 1,90m. Basta regular a altura do selim e alterar o tamanho da mesa se necessário. Simplicidade é a palavra-chave. Com gancheira horizontal, o modelo básico é monomarcha, com catraca Shimano e cubo traseiro flip-flop, que permite a bike ser usada como fixa. A bike pode vir equipada também com cubo de marcha Shimano Nexus de 3 marchas. Os freios são V-Brake e o pedivela tem braço de 170mm. Outro atrativo da bicicleta é o seu preço. O modelo básico deve chegar ao consumidor final por menos de R$ 2 mil.

Torrone

O quadro serve para ciclistas de até 1,90m de estatura

“Vamos comercializar pelo site www.torronebikes.com.br e o consumidor vai pode customizar sua bike. Quem quiser pode optar por componentes de carbono, por exemplo. Pode escolher pneus de cidade ou off-road. O comprador poderá, inclusive, acompanhar de perto a montagem de sua bike lá no Beco do Batman. Queremos um produto mais humano e menos automático”, completa Piva. Com todos os componentes escolhidos, a montagem leva 45 minutos. Também é possível comprar somente o kit de quadro e garfo.

Mais informações em breve no site www.torronebikes.com.br e na página www.facebook.com/torronebike