O ciclismo nas escolas

HomeVitrine

O ciclismo nas escolas

Em regiões mais afastadas, onde o acesso ao transporte público ainda faz parte dos desafios diários, a bicicleta torna-se uma aliada da educação

Atividades para crianças e apresentações estão na programação do evento Shimano Fest

Criança aprende a pedalar durante ação educativa em São Paulo

Foto de divulgação

Em uma série de países, o triciclo faz parte da infância de muitas crianças. Sobre este, elas vão passar a maior parte do seu dia pedalando e desenvolvendo diversas habilidades motoras. Com o passar dos anos, no entanto, é natural que a criança obtenha um maior controle do seu próprio corpo, passando a equilibrar-se não mais sobre três, mas sobre duas rodas. A bicicleta torna-se, então, sua melhor amiga e em alguns casos acompanha as crianças até a sua vida adulta.

Procurando professores particulares de química, matemática ou inglês para seus filhos? A Preply reúne uma equipe de professores brasileiros e estrangeiros dispostos a ajudar você a alcançar suas metas. Clique em https://preply.com/pt/skype/professores– quimica e confira.

O ciclismo e o ensino
No Brasil, há atualmente uma grande variedade de iniciativas de cunho social, que visam inserir o ciclismo, entre outros esportes, nas escolas. Com o intuito de incentivar estudantes e professores, jovens e adultos a redescobrirem suas cidades e ampliarem seus limites, trata-se de uma atividade extremamente divertida e que estimula o desenvolvimento de áreas cognitivas do cérebro, aproximando os praticantes e dando-lhes um sentimento de pertencimento ao grupo.

Com o exercício se pratica a resistência, velocidade, além de combater o sedentarismo infantil, cada vez mais presente nas grandes cidades do país, e diminuir o estresse escolar, contribuindo desta forma não só para um melhor rendimento dos alunos nos exames semestrais das escolas, como também para uma menor evasão escolar.

Em regiões mais afastadas, onde o acesso ao transporte público ainda faz parte dos desafios diários com os quais os moradores têm de lidar, a bicicleta torna-se uma aliada da educação, possibilitando o deslocamento de milhares de alunos até a escola, apesar da pouca estrutura.

Benefícios do ciclismo
Os benefícios da inclusão do ciclismo nas escolas são extensos. Em países como a Alemanha e Bélgica – nos quais já existe uma cultura do ciclismo e que por isso o uso da bicicleta ultrapassa o aspecto recreativo – foram construídas ciclovias ao lado de rodovias de automóveis e caminhões, que permitem a circulação interestadual de ciclistas. As cidades também já contam com sinalização própria para esse tipo de transporte e os ciclistas são orientados a respeito das leis de trânsito, para que os riscos de acidentes sejam reduzidos.

Por essa mesma razão, as crianças são ensinadas desde o primeiro dia sobre a importância dos capacetes e do uso de lanternas ao saírem pedalando à noite, regra essa que também é exigida dos adultos sob ameaça de multa. Tudo isso viabiliza uma maior interação do cidadão e seu entorno – cerne da ecologia.

O Brasil, por sua vez, vem juntando esforços para cuidar mais assertivamente do meio ambiente e de sua vegetação natural e urbana. O ciclismo nas escolas, então, pode estar mostrando um caminho mais sustentável às crianças brasileiras, que também pode direta e indiretamente servir como exemplo de objetivo a se alcançar no país.