Alex Diniz muda de equipe e também vai disputar provas de MTB

HomeCompetiçõesCiclismo nacional

Alex Diniz muda de equipe e também vai disputar provas de MTB

"Meio-quilo” assina com a Equipe de Ciclismo de Taubaté (ECT) e conta que, nesta temporada, também vai disputar corridas de mountain bike; confira entrevista ao Bikemagazine

Alex Diniz, o "Meio-quilo", passa a integrar a equipe ECT

Alex Diniz, o “Meio-quilo”, passa a integrar a equipe ECT

Dani Prandi / Do Bikemagazine
Fotos: arquivo pessoal

Alex Diniz começa a temporada 2017 de equipe nova e outros desafios. “Meio-quilo”, apelido que ganhou quando começou no ciclismo, por causa de sua magreza, passa a integrar a Equipe de Ciclismo de Taubaté (ECT) após uma vitoriosa carreira na Funvic. Mas, além da estrada, estará também nas competições de mountain bike, conta o atleta ao Bikemagazine.

Ciclista planeja agenda para provas de ciclismo e de MTB

Ciclista planeja agenda para provas de ciclismo e de MTB

Escalador nato, o ciclista pernambucano radicado em Pindamonhangaba, no interior paulista, tem feito muitos treinos em trilhas. “Descobri o mountain bike e percebi que ele ajuda muito no ciclismo. Já cheguei a correr provas de MTB, mas mais por diversão. Agora será diferente: vou disputar o GP Ravelli, a Copa Internacional de MTB e o Desafio da Mantiqueira, por exemplo”, adianta.

Diniz, aos 31 anos, diz que já ficou “muito tempo só no asfalto”. No MTB, destaca o contato com a natureza, os treinos curtos e intensos, com o “coração acelerado”. “Vou representar Taubaté tanto nas provas de ciclismo quanto nas de mountain bike. Quanto mais eu corro, mais eu fico bem”, afirma o ciclista que se empolgou com a notícia de que o espanhol Joaquim “Purito” Rodriguez também vai experimentar as competições do MTB nesta temporada, a primeira delas a Cape Epic (leia aqui). “Achei legal a decisão do Purito”, afirma.

A mudança para a ECT, conta Diniz, começou com uma proposta “interessante” e a vontade de atuar em uma equipe com vontade de crescer. “Tenho bastante experiência e vou ajudar Taubaté”, garante o ciclista, que adianta que o novo time ainda está definindo o calendário de competições de 2017. “Vamos nos focar nas clássicas de um dia, principalmente no Rio de Janeiro, no Brasileiro, na Nove de Julho e pretendemos disputar duas voltas”, adianta. Diniz conta que a equipe ainda não está fechada e ainda há possibilidade de contratação de mais atletas.