Ciclista da Sky diz que foi atingido por freios a disco de Kittel

HomeCompetiçõesCiclismo

Ciclista da Sky diz que foi atingido por freios a disco de Kittel

Polêmica sobre os perigos dos freios da disco no pelotão do ciclismo retorna após queda de Owain Doull na reta final da 2ª etapa do Abu Dhabi Tour

Sapatilha cortada flagrada em imagem da jornalista australiana Sophie Smith

Sapatilha cortada flagrada em imagem divulgada pela jornalista australiana Sophie Smith

Do Bikemagazine
Fotos reprodução

O britânico Owain Doull (Team Sky) chamou atenção no final da 2ª etapa do Abu Dhabi Tour, nesta quinta-feira (23 de fevereiro). Imagens de sua sapatilha cortada, assim como o pé ferido, circularam pelas redes sociais após postagem da jornalista australiana Sophie Smith, especialista em ciclismo. Doull se envolveu em um acidente no final da etapa e afirmou que os freios a disco usados por Marcel Kittel (QuickStep-Floors) é que causaram os estragos.

“Foi direto através do meu sapato até chegar ao meu pé. Que sorte que não foi na minha perna”, disse Doull, em um incidente que faz aumentar a polêmica em torno do uso dos freios a disco no World Tour. “A menos que haja cobertura, então você não deve usá-los”, defendeu Doull.

Cortes e ferimentos em Owain Doull em imagem feita pela jornalista Sophie Smith

Cortes e ferimentos em Owain Doull em imagem feita pela jornalista Sophie Smith

Owain Doull após a queda em imagem da jornalista australiana Sophie Smith

Owain Doull após a queda em imagem da jornalista australiana Sophie Smith

Os freios a disco foram usados pela primeira vez na temporada após a mudança da regra da UCI, que liberou o equipamento, na Volta de San Juan, na Argentina, com Tom Boonen (QuickStep-Floors), em janeiro. Em fevereiro, Kittel tornou-se bicampeão do Tour de Dubai também com freios a disco.

Os freios a disco estrearam fase de teste no ciclismo Pro no Eneco Tour de 2015, mas, um ano depois, foram proibidos após a Comissão de Equipamentos da UCI, confirmar que o espanhol Francisco Ventoso (Movistar) teve cortes profundo logo abaixo do joelho direito após se envolver numa queda na Parix-Roubaix. Depois de os rumores se espalharem de que o ferimento do ciclista foi causado por um rotor de freio, o próprio Ventoso divulgou uma carta aberta onde afirmava que os rotores são “facas gigantes”, especialmente nas quedas que envolvem muitos ciclistas.

A temporada começou com uma nova fase de testes liberada e muitos ciclistas já estão treinando com freios a disco, como o bicampeão mundial Peter Sagan (Bora-Hansgrove), que está de olho nas Clássicas de Primavera. Assim como Boonen, que vai se aposentar e tem sentido a pressão para sair de cena no alto do pódio, em casa. As Clássicas estão batendo à porta, com a Omloop Het Nieuwsblad neste sábado (25 de fevereiro), e os freios a disco são esperados. A conferir.

LEIA MAIS
Reportagens sobre freios a disco nas bikes de estrada no Bikemagazine