Greg Van Avermaet: “Depois do Rio as pessoas me olham diferente”

HomeCompetiçõesCiclismo

Greg Van Avermaet: “Depois do Rio as pessoas me olham diferente”

Ouro do ciclismo de estrada dos Jogos Rio 2016 está confirmado no Tour de Omã, de 14 a 19 de fevereiro, antes da temporada de Clássicas

Greg Van Avermaet na Volta da Comunidade Valenciana

Greg Van Avermaet na Volta da Comunidade Valenciana Foto: BMC

Do Bikemagazibe
Fotos de divulgação

Depois do ouro no ciclismo de estrada dos Jogos Rio 2016 e de vestir a camisa amarela durante três dias no Tour de France do ano passado, o belga Greg Van Avermaet (BMC) começa a temporada mais respeitado do que nunca. Logo na estreia, na Volta da Comunidade Valenciana, na Espanha, no início de fevereiro, sua equipe faturou o contrarrelógio por equipes e Avermaet abriu 2017 com a camisa de líder.

“As pessoas estão me olhando diferente agora. Eu era aquele cara que não conseguia vitórias importantes, até que veio o Tour de France e o ouro no Rio de Janeiro. Hoje estou no ponto onde sempre quis estar”, disse o ciclista, que se prepara para a disputa do Tour de Omã, nos Emirados Árabes, de 14 a 19 de fevereiro.

Avermaet e Jakob Fuglsang na chegada do ciclismo olímpico em Copacabana Foto: UCI

Avermaet e Jakob Fuglsang na chegada do ciclismo olímpico em Copacabana Foto: UCI

Para 2017, o belga reafirma que seu foco está nas Clássicas de Primavera. O ciclista nunca escondeu que sonha com uma vitória em uma das Cinco Monumentais (Milão San-Remo, Tour de Flanders, Paris-Roubaix, Liege-Bastogne-Liege e Il Lombardia).

No ano passado, começou a temporada nos pavés com vitória na Omloop Het Nieuwsblad, ficou em 5º lugar na Milão-São Remo e, no Tour de Flanders, a 100 quilômetros da chegada, sofreu uma queda e fraturou a clavícula. “Eu acredito que posso vencer em Flanders, é o meu objetivo”, completa.

Neto do ciclista Kamiel Buysse, que disputou o Tour de France de 1959, Avermaet esbanja motivação. “Greg está em ótima forma e conta com o respaldo de uma equipe forte”, destaca Valerio Piva, diretor esportivo da BMC.

“O Tour de Omã é uma competição dura, mas estou bem e vou me concentrar”, completa o belga. A BMC estará no Tour de Omã com Avermaet, mais Jempy Drucker (LUX), Martin Elmiger (SUI), Kilian Frankiny (SUI), Ben Hermans (BEL), Stefan Küng (SUI), Daniel Oss (ITA) e Michael Schär (SUI).

VEJA TAMBÉM
Rio 2016: Greg Van Avermaet conquista o ouro no ciclismo olímpico

Replay Rio 2016: melhores momentos do ciclismo de estrada