UCI suspende Alex Diniz e Bulgarelli e complica Funvic

HomeCompetiçõesFunvic Pro Continental

UCI suspende Alex Diniz e Bulgarelli e complica Funvic

Em ambos os casos cabe recurso; anúncio da UCI é feito um dia após a equipe brasileira encerrar sua participação na Volta da Catalunha

Funvic estreia temporada internacional 2017 na Espanha

Funvic durante apresentação da temporada Foto: Luis Claudio Antunes

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

Um dia depois do término da Volta da Catalunha, na Espanha, a equipe Funvic foi surpreendida por um novo anúncio da UCI, que suspende os ciclistas Alex Diniz e Otávio Bulgarelli por violações das regras de doping. Ainda cabe recurso.

Segundo a nota oficial, Alex Diniz está provisoriamente suspenso por apresentar resultado adverso no passaporte biológico até que seja concluído o julgamento. No caso de Bulgarelli, o problema encontrado seria uma tentativa de manipulação de amostra.

Em 2009, Alex Diniz já havia sido suspenso depois de testar positivo por eritropoetina. O atleta competia na Funvic desde 2013 e deixou a equipe nesta temporada. Leia aqui

Já Bulgarelli entrou na equipe em 2014 e conquistou diversos títulos, como o Campeonato Brasileiro e o Tour de Santa Catarina. No início desta temporada anunciou sua retirada do pelotão e que passaria a atuar como auxiliar técnico da equipe.

Em 2016 a Funvic cumpriu 55 dias de suspensão depois que três de seus atletas foram flagrados no doping. Com os novos casos, há a ameaça de uma nova suspensão, que pode chegar a 12 meses. O caso da Funvic será analisado pela Comissão Disciplinar da UCI, que tomará a decisão da pena.

LEIA MAIS
Reportagens sobre a equipe Funvic no Bikemagazine

Confira na íntegra o comunicado da UCI
The Union Cycliste Internationale (UCI) announces that it has notified an Anti-Doping Rule Violation arising from an Adverse Passport Finding against the Brazilian rider Alex Correia Diniz.

In accordance with the UCI Anti-Doping Rules (ADR), the rider has been provisionally suspended until the adjudication of the affair.

The UCI was also informed that the Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem asserted an Anti-Doping Rule Violation for Tampering against the Brazilian rider Otavio Bulgarelli.

For the purposes of article 7.12 of the UCI Anti-Doping Rules, these constitute additional charges for members of the UCI Professional Continental Team Soul Brasil Pro Cycling (*) within a twelve-month period. Therefore article 7.12.3 of the UCI Anti-Doping Rules providing for the suspension of the team from 15 days to 12 months will be applied.

The UCI will refer the matter to the Disciplinary Commission which will render a decision in due course.

At this stage of the procedure, the UCI will not comment any further on any of these matters.

(*) On 19 December 2016, the UCI Professional Continental Team Soul Brasil Pro Cycling was suspended for 55 days by the UCI Disciplinary Commission following three notices of Adverse Analytical Findings of CERA to members of its