Specialized assume responsabilidade pela queda de Niki Terpstra

HomeCompetiçõesCiclismo

Specialized assume responsabilidade pela queda de Niki Terpstra

Explicação foi que cartucho rígido, ainda em fase de desenvolvimento, foi montado por engano

Terpstra após a queda

Terpstra após a queda

Do Bikemagazine
Fotos: reprodução

A Specialized assumiu total responsabilidade pelo acidente que levou ao chão o holandês Niki Terpstra (QuickStep-Floors) na Paris-Roubaix no domingo (9 de abril). A espiga do garfo e a mesa quebraram no trecho de pavé Maing-Monchaux-sur-Écaillon. vale destacar que os componentes de carbono ainda estavam na fase de pré-produção.

De acordo com Mark Cote (gerente global de marketing da empresa) e Mike Sinyard (CEO da Specialized), o acidente aconteceu por conta de uma falha de comunicação. Um cartucho rígido, ainda em fase de desenvolvimento, foi montado na bike do holandês por engano.

Momento do tombo durante trecho de pavé na Paris-Roubaix

Momento do tombo durante trecho de pavé na Paris-Roubaix

Terpstra foi o único ciclista a usar o cartucho rígido, todos os demais ciclistas de sua equipe e também os atletas da equipe alemã Bora-Hansgrohe usaram os cartuchos de amortecimento do sistema Future Shock em suas bicicletas Specialized modelo Roubaix. “O cartucho rígido é um componente de alumínio que conecta a espiga do garfo com a mesa. O ciclista queria que sua bike fosse equipada com garfo rígido na corrida”, explicou Cote.

SmootherFaster_FutureShock_1280x720

Raio X do sistema Future Shock com o cartucho de amortecimento

“Fizemos um modelo de pré-produção em janeiro para ele e fizemos algumas pedaladas de teste. Depois, voltamos para nossa matriz em Morgan Hill, na Califórnia. Melhoramos e fabricamos um novo cartucho e trouxemos cinco cartuchos rígidos para a Europa. Mas houve um problema de comunicação e os novos nunca foram instalados na bike do atleta. Ele correu com o antigo, o da fase de testes”, explicou.

A Specialized analisou a bike do ciclista logo depois do acidente e concluiu que não havia nenhum problema com o quadro e o garfo. O problema realmente foi com o componente em desenvolvimento.

LEIA MAIS
Reportagens sobre a Paris-Roubaix no Bikemagazine

Salvar

Salvar