Volta de Guarulhos: espanhol Jordi Simón triunfa na etapa rainha e lidera

HomeCiclismo nacional

Volta de Guarulhos: espanhol Jordi Simón triunfa na etapa rainha e lidera

Jordi Simón é o novo líder; Funvic mantém liderança por equipes, montanha e Sub-23

Jordi Simón vence sua primeira prova para a Funvic em Mairiporã

Jordi Simón vence sua primeira prova para a Funvic em Mairiporã

Do Bikemagazine
Texto de Marcos Adami –
Fotos de Luis Claudio Antunes/Bike76

O catalão Jordi Simón (Funvic) venceu a etapa rainha da Volta Ciclística Internacional de Guarulhos disputada nesta sexta-feira (21 de julho). Foram 80km (20 neutralizados) até o alto do Pico Olho D’água no município de Mairiporã, a 1.180 metros sobre o nível do mar. Simón cruzou a meta com o tempo de 1h41min12s e agora é o novo líder, com 6 segundos de vantagem sobre Murilo Ferraz Affonso, que foi o segundo colocado na etapa, a 16 segundos.  Em terceiro chegou Alan Maniezzo (Ribeirão Preto), a 24 segundos. Maniezzo é o terceiro na classificação geral, a 20 segundos de Simón.

Murilo Ferraz atacou depois do 2º prêmio de montanha

Murilo Affonso atacou depois do 2º prêmio de montanha

Simón acelerou na última parede – a menos de 1km para a chegada – e a vitória garantiu ao europeu a liderança geral da competição. “Para mim esta vitória foi uma surpresa. Estou muito contente, pois fazia muito tempo que eu não competia. Foi uma etapa muito rápida”, contou o espanhol, que foi contratado pela equipe brasileira nesta temporada.

“Murilo estava escapado e eu estava num grupo com meu companheiro Caio Godoy. Eu ataquei para garantir a segunda colocação e para evitar que o atleta de Ribeirão Preto (Allan Maniezzo) encostasse. Passei pelo Murilo, que estava em dificuldades, e acabei vencendo para nossa equipe”, completou Simón, que disputou sua última prova em março, na Volta da Catalunha. O catalão retorna nesta segunda-feira para Barcelona.

A PROVA
A corrida começou às 11 horas no Bosque Maia e a caravana seguiu neutralizada por 20km até a sinuosa Rodovia Vereador Francisco de Almeida (SP-36), onde foi dada a bandeirada de largada.

Logo na primeira subida, no KM 24, o pelotão se fragmentou em vários grupos e a primeira fuga do dia teve início com Magno Nazaret (Funvic), José Jailson (ADF) e o venezuelano José Garcia (ADF). Magno venceu o primeiro prêmio de montanha e seguiu escapado para o segundo prêmio de montanha.

O grupo perseguidor com 17 ciclistas

O grupo perseguidor com 17 ciclistas

Mais atrás um pelotão de 17 ciclistas – incluindo o líder Murilo Affonso, Caio Godoy, Jordi Simon, Flávio Cardoso , Alan Maniezzo, José Garcia, José Jailson e outros atletas – perseguia os escapados. A equipe de Ribeirão Preto comandou a perseguição e puxou a fundo o grupo com Cristian Egídio, Maniezzo e Lucas Motta (Sub-23).

Magno venceu a segunda meta de montanha (KM 61) e retornou ao pelotão. Não demorou até Murilo Affonso e o venezuelano atacarem e saírem numa fuga que iria durar até os metros finais da última e duríssima escalada do dia, com tops de até 25% de inclinação na Estrada do Rio Acima. A fuga da dupla chegou a abrir 1min30s sobre o pelotão principal ao passar pela marca de 5km para a meta.

FALTOU TRANSMISSÃO
A subida ao Pico Olho D’Água é extremamente dura e muitos atletas tiveram que desmontar e empurrar ou ainda fazer ziguezague para vencer os últimos 3km até o cume. Muitas equipes preparam suas bicicletas com transmissões leves, com cassetes de até 32 dentes e coroas compactas. Não foi o caso do venezuelano José Garcia que pedalou uma bike equipada com a relação tradicional de 11×23 dentes.

“Faltou transmissão. A subida é muito dura. Infelizmente minha equipe não tem cassetes maiores”, lamentou José Garcia, que trocou a equipe colombiana Boyacaz-Espansión pela ADF e reside em Guarulhos desde fevereiro. Garcia terminou na 10ª colocação, a 2min41s de Jordi Simón.

Garcia, que é casado e tem dois filhos, mostrou preocupação com a família que sofre com as dificuldades que seu país enfrenta nos últimos anos. “Às vezes, quando vou almoçar e jantar fico triste, pois penso em minha família e fico imaginando se eles têm algo para comer. A situação em meu país está bastante complicada. Não há comida”, relatou.

TERCEIRA ETAPA
A Volta Ciclística Internacional de Guarulhos continua neste sábado com a terceira etapa. Serão 158,3km em uma jornada que começa no Bosque Maia, às 11 horas, e segue para Nazaré Paulista, Igaratá, Santa Isabel e retorna novamente ao Bosque Maia. A chegada está prevista entre 14h40 e 15h10.

Os ciclistas terão pela frente 4 disputas de montanha (KM 31,3, KM 64, KM 102,4 e KM 129,3) A disputa de sprint intermediário será no KM 78,6.

Dos 109 ciclistas que começaram a prova, 95 continuam na disputa que termina no próximo domingo.

[youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=drcyFW3RufQ” width=”560″ height=”315″]

RESULTADOS

TOP 5 DA 2ª ETAPA
1) Jordi Simon Casulleras (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – 1h41min12seg
2) Murilo Ferraz Affonso (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – a 16s
3) Alan  V. Maniezzo (S. Francisco Saúde/Klabin/SME Rib. Preto) – a 24s
4) Caio Godoy Ormenese  (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – a 44s
5) José Jailson Diniz (Pro Cycling Team ADF/Guarulhos) – a 58s

TOP 5 DA GERAL
1) Jordi Simon Casulleras (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – 5h25min27seg
2) Murilo Ferraz Affonso (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – a 6s
3) Alan V. Maniezzo (S. Francisco Saúde/Klabin/Sme Rib. Preto) – a 20s
4) Caio Godoy Ormenese (Sub-23) (Funvic Brasil Pro Cycling Team) – a 20s
5) José Jailson Diniz (Pro Cycling Team ADF/Guarulhos)- a 44s

CLASSIFICAÇÃO POR PONTOS
1) Murilo Ferraz Affonso (Funvicl Brasil Pro Cycling Team), 10 pontos
2) Magno Prado Nazaret (Funvic Brasil Pro Cycling Team), 8
3) Joel Cândido Prado Junior (Memorial/Santos/Fupes), 7

CLASSIFICAÇÃO DE MONTANHA
1) Magno do Prado Nazaret (Funvic Brasil Pro Cycling Team), 22 pontos
2) Murilo Ferraz Affonso (Funvic Brasil Pro Cycling Team), 13
3) Jordi Simón Casulleras (Funvic Brasil Pro Cycling Team), 10

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES
1) Funvic Brasil Pro Cycling Team – 16h17min21seg
2) Pro Cycling Team ADF/Guarulhos – a 7min21s
3) São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto – a 12min29s
4) Clube de Ciclismo Só Pedal – a 20min13s
5) ECT/Taubaté/Tarumã – a 27min04s

Confira as reportagens da Volta de Guarulhos

Mais informações no site oficial do evento www.voltadeguarulhos.com