Doping mecânico: França encontra bike com motor em prova amadora

HomeCompetiçõesCiclismo

Doping mecânico: França encontra bike com motor em prova amadora

Ciclista de 43 anos flagrado confirma trapaça após checagem na disputa de uma corrida amadora em Saint-Michel-de-Double; este foi o primeiro caso na França

Checagem confirma suspeita de bike com motor 

Do Bikemagazine
Foto: reprodução

Mais um flagra de doping mecânico, desta vez na França. Pela primeira vez no país, com confirmação da Federação Francesa de Ciclismo, foi descoberto neste domingo (1 de outubro) um motor escondido em uma bike na disputa de uma corrida amadora em Saint-Michel-de-Double, próximo a Bordeaux. O ciclista flagrado, que tem 43 anos, cujo nome não foi divulgado, confirmou a trapaça.

Os exames nas bikes foram conduzidos pelo tribunal de Périgueux, Federação Francesa de Ciclismo (FFC) e Agência Francesa de Luta contra o Doping (AFLD). Foi um funcionário da AFLD que alertou sobre a possibilidade da fraude após o competidor começar a apresentar resultados muito acima do esperado. Na checagem foi encontrado um motor Vivax de 250W escondido no tubo vertical.

Em comunicado, Michel Callot, presidente da Federação Francesa, lamentou o ocorrido: “A operação só confirmou o que se temia, de que a fraude é possível, o que é um verdadeiro insulto ao nosso esporte.” Callot quer iniciar uma força-tarefa mais efetiva, que atinja todas as competições, e começou a mobilizar uma parceria com a UCI. 

O doping mecânico foi flagrado no ciclismo Máster italiano pela última vez em julho, quando Alessandro Andreoli, de 53 anos, foi pego com um motor na bicicleta na cidade de Bedizzole. Leia aqui

No ano passado, a belga Femke van den Driessche foi pega com um motor na bicicleta no Mundial de Ciclocross, no primeiro caso comprovado. Leia aqui

LEIA MAIS
Pai do doping mecânico diz que já vendeu motor para bike por US$ 2mi
Era tudo verdade: como a UCI encontrou o motor escondido
Motor elétrico em bike de estrada é realidade há dez anos
UCI checa bike de Hesjedal que girou sozinha após queda na Vuelta
Reportagem investigativa comprova doping mecânico em duas corridas