Evandro Portela estabelece recorde de velocidade a 202km/h

HomeReportagem especial

Evandro Portela estabelece recorde de velocidade a 202km/h

Ciclista paranaense atinge a marca inédita e aguarda homologação do Guinness Book; "Com o vento que estava eu quase desisti", conta o recordista

Evandro Portela estabelece recorde mundial de velocidade em evento em Curitiba

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação Eric Steudel

Evandro Portela estabeleceu neste domingo (26 de novembro) o recorde de velocidade no ciclismo a 202km/h. O ciclista paranaense cumpriu o desafio na BR-277, entre Curitiba e São José dos Pinhais, que ficou interditada para o evento. A marca de 202km/h foi alcançada após 6’32”733 de pedalada num trecho de 11 km. Até hoje essa marca nunca havia sido atingida e o atleta bateu o próprio recorde, que havia sido de 184 km/h em julho.

“Com o vento que estava eu quase desisti. A 120, 130km/h eu estava sofrendo. Comecei a embalar e atingi a velocidade. Na descida onde eu esperava atingir 200km/h eu estava a 170km/h. Tivemos que esticar 1,5km a mais e consegui chegar a 202km/h no velocímetro do carro. Fiz uma força acima do além e acabou dando certo”, conta Portela ao Bikemagazine.

O desafio foi homologado pela Associação de Comissários de Ciclismo do Paraná. Para a homologação do recorde mundial a avaliação pelos juízes do Guinness Book será feita de forma online após a coleta de todos os dados e imagens. “Agora temos que aguardar o pessoal do Guinness. Enviamos a eles os links com o vídeo produzido oficialmente por nós. Depois de uma análise, deve sair em questão de horas a homologação”, diz o ciclista.

E Portela, incansável, já lançou o próximo desafio: “Com apoio e estrutura vamos chegar a 280 km/h.”

Evandro Portela no vácuo do carro com carenagem de acrílico

Para atingir a marca, Evandro Portela iniciou pedalando até ganhar velocidade e, ao atingir 50 km/h, entrou no vácuo do carro e juntos aceleraram até chegar na velocidade final em uma distância de 11 quilômetros. O carro, preparado para a ocasião, foi um Subaru WRX com motor turbo de 350 cavalos e tração integral 4×4, pilotado por um motorista com experiência em alta velocidade. Na traseira, o carro estava equipado com uma carenagem de policarbonato.

Bike preparada para o teste com uma coroa de 105 dentes usinada em CNC

O equipamento de Evandro também foi especialmente preparado para a ocasião. Todos os rolamentos da bicicleta são de cerâmica, que geram menos atrito e suportam velocidades maiores. A roda da frente é de alumínio, mais pesada e, portanto, mais estável do que uma de carbono.

Os raios da roda traseira são achatados e oferecem pouca resistência com o ar. A roupa foi desenvolvida para cortar o vento, pela Mauro Ribeiro Sports. Os pneus utilizados são o Grand Prix 4-Season, da Continental, com alta tecnologia antifuro.

“Foi um evento muito agitado, com bastante público e até helicópteros que captaram as imagens. Nossa equipe é feita de heróis. Não temos milhares de dólares como outros ciclistas que fizeram algo parecido. Fizemos as coisas com o dinheiro do bolso. A carenagem do carro foi feita em uma serralheria, com minha experiência e sob minha supervisão. Temos condições de muito mais. Mas temos que ter patrocinadores a altura disso”, concluiu Portela.

Evandro Portela
Depois de competir profissionalmente nas décadas de 1990 e 2000, somando cinco circuitos europeus e muitas conquistas, Evandro Portela começou a treinar ciclismo em velocidade extrema. Já são 10 anos de muito treino e cerca de 800 km por semana para se preparar para este tipo de desafio. O ciclista ficou famoso nas redes sociais ao começar a postar seus vídeos de treino, chegando até então à velocidade máxima de 184 Km/h, em julho deste ano. Seus vídeos chegaram a milhões de visualizações.

O atleta possui no currículo 16 anos (1990 – 2006) de carreira profissional, com cinco temporadas no Circuito Europeu e 10 anos entre os 10 tops ciclistas das Américas. Entre importantes competições mundiais estão participações na Vuelta Espanha e Volta a Portugal. Entre as conquistas: Campeão do Tour Del Leste da França, em 1997; 3º colocado geral da Vuelta a Madri 1997, Campeão Brasileiro de Pista 4×4000, entre outros. “Sou um ciclista profissional e tenho o know how de ter corrido fora, e lá fora é muito duro e faz você ser um ciclista muito bem preparado”, completa o ciclista.

O evento teve estrutura de segurança e apoio da Ecovia, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR), e Prefeitura de São José dos Pinhais. A realização do desafio é da Triativa Eventos, com patrocínio do Só Carrão, Consórcio Unilance, Giant, Abus, EBANX, SAGA, Mauro Ribeiro Sports, HS Sistemas, Bike Tech Curitiba, Pédaluz Bike Trainer. Apoio Farmácia Biológica, Levouleur Le Velo, Dips Personal e Ciclo Leiriense.

LEIA TAMBÉM
Evandro Portela pedala a 160 km/h e busca recorde mundial acima de 200 km/
Evandro Portela chega a 180km/h em teste para o recorde mundial

VÍDEO