Vítor Zucco, o brasileiro Sub 23 que é novidade na Espanha

HomeCompetiçõesCiclismo nacional

Vítor Zucco, o brasileiro Sub 23 que é novidade na Espanha

Bikemagazine conversou com o ciclista catarinense de 20 anos que estreia a temporada na equipe Aldro e já se destacou com um prêmio de montanha na Copa da Espanha

Vítor Zucco Schizzi em prova com a nova equipe Aldro na Espanha

Dani Prandi/Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O catarinense Vítor Zucco Schizzi está entre as novidades da temporada na equipe espanhola Aldro Team. Aos 20 anos, o ciclista que nasceu em Blumenau, mas morou em Brusque, reduto do esporte, de onde saíram campeões como Márcio May, Murilo Fischer e Soelito Gohr, tem chamado atenção na Sub 23.

Em entrevista ao Bikemagazine, Vítor, que tem 1,80m de altura e pesa 63 quilos, conta que, apesar de já ter vestido a camisa da seleção brasileira, nunca correu no Brasil.

Vítor, com a camisa da seleção brasileira, nunca correu no Brasil

“Estava morando nos Estados Unidos quando teve o Mundial em Richmond em 2015 e disputei com a seleção brasileira, na Junior”, lembra. Na ocasião, dos três brasileiros na prova, apenas Vítor terminou (reveja aqui). Foi aí que Antonio Silvestre, técnico e ciclista, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Moscou-1980 e Seul-1988, deu o conselho: “Ele me disse que se eu quisesse mesmo aprender a correr deveria ir para a Bélgica”, diz.

“Aceitei o conselho e fui para a Bélgica, lá conheci o Nicolas Sessler (ciclista de Ribeirão Preto que nesta temporada integra a equipe espanhola Continental Burgos BHleia mais aqui) e ele me inspirou. Eu também subo bem, é o que faço melhor”, continua. Em 2016, Vítor voltou a vestir a camisa da seleção brasileira, agora no Pan-Americano, e o mundo do ciclismo estava se tornando cada vez mais realidade. 

Aos 20 anos, Vítor Zucco começou na Bélgica, mas em 2018 estreou em equipe espanhola

O esporte ciclismo é novo em sua vida, já que praticava natação, assim como seus pais, que vivem nos Estados Unidos. “Quando eu era pequeno, meu pai era amigo do Márcio May e acho que ele foi um influenciador. Um dia larguei a natação e minha mãe disse que ou eu pegava firme nos estudos ou escolhia um outro esporte. Estudo nunca foi o meu forte…”, conta.

Em setembro do ano passado, em busca de uma oportunidade, o catarinense conheceu Manolo Saiz, que faz parte da história recente do ciclismo mundial e, de 1989 até 2003, comandou a equipe Once, e hoje está à frente da equipe espanhola Aldro Team. “Vi a chance de crescer.”

A Aldro conta com 14 ciclistas, três deles estrangeiros. Além do brasileiro há um holandês e um venezuelano. Vítor, que morou no Chile na infância, fala espanhol fluentemente e comenta que mora em uma “casa-hotel” com outros integrantes do time em Torrelavega, na Cantábria, sede da equipe. “Eles providenciam tudo.”

No pódio de etapa da Copa de Espanha, com o prêmio de montanha

O começo de ano já teve resultado, com a conquista da camisa de montanha em uma das provas da Copa de Espanha, em fevereiro. “Este é o meu quarto ano pedalando e meu calendário tem como objetivo corridas Sub 23.”

Enquanto isso, sua trajetória e seus feitos são acompanhados de perto por um fã com muita história no ciclismo: Márcio May.

LEIA MAIS
Vítor Zucco é o novo campeão brasileiro de ciclismo de estrada na Elite e Sub 23