CIMTB: Guilherme Muller e Letícia Cândido vencem maratona com muita lama

HomeCompetiçõesMountain bike

CIMTB: Guilherme Muller e Letícia Cândido vencem maratona com muita lama

Chuva acompanhou a disputa em Congonhas; confira o que disseram os vencedores e o Top 10

Guilherme Muller na vitória da Maratona da CIMTB

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Marcelo Rypnl

Guilherme Muller (Sense Factory Rancing) venceu neste sábado (24 de novembro) a Maratona da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin) em Congonhas (MG). Hallysson Serra Lucas (Tropix) e Edson Gilmar De Rezende (Caloi Avancini Team), que é Sub23, ficaram em 2º e 3º.

No feminino, Letícia Cândido (Equipe Audax-FSA Bike Team) foi a vencedora. Tânia Clair Pickler (Free Force/Soul Cycle) ficou em 2º e Paula Gallan (Isapa/Oggi) em 3º.

Muita lama na disputa em Congonhas

A disputa foi marcada por muita lama. A chuva acompanhou os atletas durante todo o percurso. Guilherme Muller contou que foi duro se manter no pelotão. “Estava eu, o Cocuzzi e o Alisson e eu sofri em alguns pontos para me manter conectado no pelotão mas aproveitei para ganhar algum tempo onde eu tinha um pouco de vantagem, que era nas partes técnicas. Consegui tirar a diferença na última sessão de trilha e daí foi na raça, na vontade de vencer para conseguir segurar o ritmo até o final. Foi bem dolorido, bem duro mais a sensação de estar aqui agora na primeira colocação em uma prova de maratona é muito gratificante”, disse.

A chuva pegou de surpresa o vice-campeão. “Confesso que eu não estava preparado para tanta chuva, para tanto barro, mas eu tentei, arrisquei minha deficiência quanto aos outros atletas já que o Guilherme, o Rubinho e o Cocuzzi são muito técnicos. Eu tentei, ataquei e ganhei alguma vantagem em alguns trechos, passei algumas partes técnicas sozinho no meu ritmo, mas no final o Guilherme encostou e eu estava no meu máximo. Sem dúvida ele mereceu a vitória”, comentou Alisson.

Letícia Cândido na liderança

No Feminino, Letícia Cândido, líder da CIMTB Levorin, cruzou a linha de chegada em primeiro lugar. Mas ressaltou que foi preciso calma e tranquilidade para completar bem a prova. “Essa prova não foi típica para ninguém mas ao mesmo tempo foi interessante porque acho que ninguém esperava, até eu que moro em uma cidade aqui perto, em Ouro Branco, não imaginava que ia pegar um terreno nesta situação. Teve várias subidas que os pneus agarravam lama, tinha descida que o pneu estava tão sujo de barro e não freava. Mais do que força física, nessa prova teve que ter um bom psicológico, porque o meu equipamento queria me sabotar o tempo todo. Foi mais um jogo de cabeça, de concentrar, de acreditar que ia dar certo e chegar aqui na última prova do ano com essa vitória, estou muito contente de chegar no final do ano com essa performance”, comentou. Com o resultado, Letícia se consagra campeã do campeonato.

Já Tânia Clair Pickler (Free Force/Soul Cycle) contou que se identifica com o pedal na chuva mas que foi difícil se encaixar na prova. “Eu gosto muito de pedalar quando está molhado e com lama, mas hoje não estava encaixada, eu não estava me sentindo confortável durante a prova. Acho que é por isso que eu tive esses erros de escorregar e cair, porque eu não estava me sentindo bem. Mas faz parte, cada dia é um. Ninguém queria que chovesse como choveu hoje, mas se estava ruim pra mim, estava ruim para todo mundo”, disse.

Campeonato CIMTB Levorin
Falta apenas uma prova para a decisão da CIMTB Levorin. A UCI MTB Eliminator World Cup acontece neste domingo e o campeão soma 25 pontos.

Para Luiz Henrique Cocuzzi (Equipe Lar -Scott-Mauro Ribeiro-Vzan), líder do campeonato, a prova foi marcada por um problema no equipamento. Faltando cerca de 6 km para a chegada, o atleta teve que parar a prova e chegou empurrando a bike.

Com este resultado, o troféu do campeão geral está em jogo, já que no domingo a UCI MTB Eliminator World Cup soma 25 pontos para o campeão. Cocuzzi está com uma vantagem de 13 pontos em relação a Rubens Donizete Valeriano. Letícia Cândido é líder da competição e com o resultado, se consagra campeã da CIMTB Levorin.

Categoria Ultra e CIMTB Levorin
A categoria Ultra, que estreou no primeiro dia de prova, levou cerca de 25 atletas para a pista. Eles completaram o primeiro percurso, de cerca de 62 km, e agora devem pedalar o percurso reduzido, de aproximadamente 42 km, para completar a prova. O líder da categoria é Naydsson Fabiano. Além da categoria Ultra, largaram Sub 60, Sub 50, Sub 55, Sub 40, Sub 45, Sub 30, Sub 35, Sub 23 Mas e Fem, Sub 17, Sub 15 e Over 60.

Neste domingo também largam todas as categorias da Copa Sense Bike, Duplas e PNE.

Resultados completos aqui

TOP 10 ELITE MASCULINO
Guilherme Gotardelo Muller (Sense Factory Racing) Elite – 2:29:10
Halysson Henrique Ferreira (Tropix) Elite – 2:30:16
Edson Gilmar De Rezende Junior (Caloi Avancini Team) Sub23 – 2:34:47
Kennedi Sampaio De Oliveira Lago (Squadra Oggi) Elite – 2:35:32
Pedro Hilo De Almeida Bertallo Elite – (2:35:56)
Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing) Elite (2:36:09)
Wolfgang Soares Olsen (Caloi Avancini Team) Elite – 2:36:25
Mario Antonio Verissimo Oliveira (Squadra Oggi) Elite – 2:37:33
Rodrigo Ribeiro Nunes (Go Gringo) Elite – 2:37:45
Daniel Grossi Soares De Souza (Groovebikes/Shimano/Chaoyangpneus/Asw) Elite 2:40:57

TOP 10 ELITE FEMININO
Leticia Jaqueline Soares Candido (Audax Fsa) Elite – 3:31:19
Tania Clair Pickler Negherbon (Free Force / Soul Cycles) Elite – 3:43:46
Paula Regina Novais Gallan (Isapa/Oggi) Elite – 3:48:49
Karen Olimpio (Squadra/Oggi) Sub 23 – 3:56:35
Kelly Fernandes Olimpio (Tsw) Elite – 3:59:21
Hercilia Najara Ferreira De Souza (Ciclovia Team / Seja Biker) Elite – 4:05:27
Danielle Maria De Moraes (Caloi Avancini Team) Elite – 4:24:53
Larissa Cristina Da Silva (Brasil Ride / Brasa Bike) Sub 23 – 4:33:34
Jessica Flausino Romualdo (Diver Bike) Sub 23 (4:38:10)
Claudia Altaf Navarro (No Limits) Elite – 4:48:08