Funvic volta para Pindamonhangaba e aposta na nova geração

HomeCompetiçõesCiclismo nacional

Funvic volta para Pindamonhangaba e aposta na nova geração

Maioria dos novos integrantes serão ciclistas na casa dos 20 anos, confirma o manager da equipe, marcada por sucessivos casos de doping desde 2016

Nova camisa da Funvic/Pindamonhangaba

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

A equipe Funvic volta a Pindamonhangaba em 2019. Após patrocinar a equipe entre 2008 e 2011, o time passou a defender as cores de São José dos Campos desde 2012. A equipe, que passará se chamar Funvic/Pindamonhangaba, irá privilegiar a nova geração. “Podemos dizer que 90% da equipe será formada por ciclistas na casa dos 20 anos”, confirma o manager Benedito Tadeu Junior, o “Kid”, ao Bikemagazine.

“O Clube Team Vale de Ciclismo nasceu em Pindamonhangaba em meados de 2007 e construímos uma história de sucesso, colocando a cidade em destaque nos principais meios de comunicação. Em 2012, encerrou-se um ciclo, mas em 2019, iniciaremos outro, com objetivos que vão muito além da competição”, completa Kid.

“O projeto em Pindamonhangaba será retomado com escolas de ciclismo para crianças, visando descobrir talentos ou mesmo proporcionar uma atividade esportiva para eles, apoio e integração com ciclismo amador da cidade e ações sociais planejadas no decorrer das temporadas”, continua. “A parceria que temos desde o início do Clube Team Vale com a Funvic (Fundação Universitária Vida Cristã) ajudou muito para que possamos retomar o projeto em Pindamonhangaba”, diz Kid.

Além da parceria/patrocínio da Funvic, a equipe ainda conta com outros apoiadores privados e com uma estrutura própria, que inclui bicicletas, moradia, alimentação e meios de transporte próprios. “Nossa contrapartida para o projeto é grande e isso ajudou bastante para que pudéssemos recomeçar com a equipe em Pindamonhangaba”, finaliza Kid.

A equipe vai contar com jovens talentos do ciclismo e ciclistas da própria cidade, além de alguns atletas de renome nacional, mas os integrantes ainda estão sendo definidos. Segundo Kid, haverá um time masculino e um feminino.

No início do ano, a Funvic perdeu sua licença Pro Continental após duas temporadas. Em 2018, o time teve três ciclistas suspensos por doping: Caio Godoy, em maio, Roberto Pinheiro, na época campeão brasileiro, em abril, e André Almeida, que recebeu a suspensão em julho.  Os casos de doping na equipe começaram em agosto de 2016, quando Kleber Ramos, que representou o Brasil na prova de estrada dos Jogos Rio-2016, foi o único brasileiro pego em exame surpresa.

LEIA MAIS
Reportagens sobre a equipe Funvic no Bikemagazine