As bikes do pelotão World Tour na temporada 2019

HomeBikes ProTour

As bikes do pelotão World Tour na temporada 2019

Diversas equipes mudaram seus patrocinadores de bicicletas e apostam nas bikes equipadas com freios a disco; veja as novidades

A BMC passa a equipar a Dimension Data, na imagem a bike de Michael Valgren Andersen

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/UCI/Tim de Waele

A temporada 2019 começou com muitas equipes com novos patrocinadores de bicicletas no grupo dos 18 times da categoria World Tour. A BMC passou a equipar o Team Dimension Data e a equipe que antes se chamava BMC agora atende por CCC e está rodando de Giant. A equipe Sunweb, que usava Giant, mudou para Cervélo e a AG2R La Mondiale trocou a Factor pelas bikes Eddy Merckx, marca belga que não frequentava o pelotão World Tour há alguns anos.

A Giant é a marca da equipe CCC, ex-BMC, em 2019

AG2R La Mondiale trocou a Factor pelas bikes Eddy Merckx

A Sunweb, que usava Giant, agora pedala Cervélo

Entre as marcas de grupos, a Shimano continua a dominar com seu Dura-Ace Di2 como favorito. Mas a Sram, que em 2019 vai equipar, além da Katusha, também a Trek, e a Campagnolo, presente em três equipes, estão com novidades e em busca de mais exposição.

Os freios a disco continuam no centro da atenções. Em comunicado à imprensa, a Katusha Alpecin se comprometeu a usar apenas bikes equipadas com freios a disco nesta temporada. Já em seu training camp em Mallorca, no final do ano, os 24 ciclistas foram fotografados com suas bikes Canyon Ultimate CF SLX e Aeroad CF SLX usando SRAM Red eTap.

A UCI aproveitou o início da temporada para mostrar as novas bikes das 18 equipes. Confira:

A italiana Colnago com grupo Campagnolo da equipe UAE Emirates

A Sky continua fiel à italiana Pinarello e grupo Shimano

A Deceuninck-QuickStep segue de Specialized; na imagem a bike de Elia Viviani no Tour Down Under

A Bora-Hansgrohe, de Peter Sagan, manteve sua parceria com a Specialized, e usa grupo Shimano e rodas Roval

Na Astana, os ciclistas continuam com a marca canadense Argon 18, equipadas Shimano e rodas Corima

A equipe Bahrain-Merida também continua com a patrocinadora Merida, com grupo Shimano e rodas Fulcrum

A equipe EF Pro Cycling manteve suas bikes Cannondale, com grupo Shimano e rodas Vision

A francesa Groupama–FDJ continua com a Lapierre, equipadas com grupo e rodas Shimano

A Katusha-Alpecin segue com a alemã Canyon, com grupo SRAM e rodas Zipp

A equipe Jumbo-Visma pedala Bianchi, com grupo e rodas Shimano

A Lotto-Soudal tem parceria com a belga Ridley e usa grupo e rodas Campagnolo

A equipe Mitchelton-Scott continua com a marca Scott e grupo e rodas Shimano

A equipe Movistar é patrocinada pela Canyon e usa grupo e rodas Campagnolo

O time Trek-Segafredo segue com bikes Trek, agora com grupo Sram e rodas Bontrager

LEIA MAIS
Reportagens sobre as bikes do pelotão World Tour no Bikemagazine