Paris-Roubaix: Sagan ganha sua placa de campeão no chuveiro

HomeCompetiçõesCiclismo

Paris-Roubaix: Sagan ganha sua placa de campeão no chuveiro

A placa no chuveiro faz parte da história da clássica Monumento, que será disputada neste domingo; Sagan, campeão de 2018, marca seu nome na galeria dos vencedores

Sagan recebe sua placa nos chuveiros de Roubaix

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Brian Hodes/VeloImages

Nos chuveiros do velódromo de Roubaix, as placas com os nomes dos campeões da clássica Monumento Paris-Roubaix fazem parte da história. Nesta quinta-feira (11 de abril) foi a vez de Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) ganhar a sua placa. O vencedor da prova de 2018, primeiro, recebeu os voluntários que ajudam, ano após ano, a manter e recuperar as estradas de paralelepípedos que fazem da corrida uma das mais duras e prestigiadas da temporada de Primavera. Depois, rodeado pela imprensa, Sagan finalmente marcou seu território, tendo como companhia as placas de Johan Museeuw, Fabian Cancellara, Tom Boonen, Maurice Gaurin, Fausto Coppi e muitos mais.

“É um grande prazer e estou muito feliz por isso. É muito bom poder colocar meu nome aqui”, disse Sagan, que ainda posou para fotos com algumas crianças de um clube de ciclismo local. 

Jornalistas acompanham a cerimônia

Sagan foi o vencedor da Paris-Roubaix 2018

Sagan tinha feito o reconhecimento do percurso antes da cerimônia e ainda usava seu uniforme de treino. A corrida com 257 km de percurso, 54,5 km deles em estradas de paralelepípedos, divididos em 29 setores diferentes, será disputada neste domingo (14 de abril). O reconhecimento do percurso serviu ainda para que o tricampeão mundial pudesse testar a nova versão da bike Specialized Roubaix. “O reconhecimento foi OK. Estava um tempo bom e não posso reclamar”, disse Sagan.

A Paris-Roubaix é a 3ª clássica Monumento do calendário e Sagan chega para a disputa depois de ser o 4º colocado na Milão-San Remo e, apesar da boa performance no Tour of Flanders, terminar em 11º no sprint final. (Vale lembrar que as clássicas Monumento incluem cinco corridas: Milão-San Remo, Tour de Flanders, Paris-Roubaix, Liege-Bastogne-Liege e Il Lombardia).

Quando perguntado se estava pronto para o fim de semana, Sagan respondeu: “Sim, eu deveria estar pronto.” E, para a questão sobre se poderá vencer a prova, disse: “Melhor não pensar.”

A reportagem do Bikemagazine já visitou (e pedalou!) em Roubaix e também visitou os icônicos chuveiros que levam as placas de seus grandes campeões. Leia reportagem aqui

Veja melhores momentos da Paris-Roubaix 2018

LEIA MAIS
Reportagens sobre a Paris-Roubaix no Bikemagazine

VENCEDORES RECENTES
2018: Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
2017: Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing
2016: Mathew Hayman (Aus) Orica-GreenEdge
2015: John Degenkolb (Ger) Giant-Alpecin
2014: Niki Terpstra (Ned) Etixx-QuickStep
2013: Fabian Cancellara (Swi) RadioShack
2012: Tom Boonen (Bel) Omega Pharma-QuickStep
2011: Johan Vansummeren (Bel) Garmin-Cervelo
2010: Fabian Cancellara (Swi) Saxo Bank
2009: Tom Boonen (Bel) QuickStep
2008: Tom Boonen (Bel) QuickStep
2007: Stuart O’Grady (Aus) Team CSC

E MAIS
Relembre a vitória de Peter Sagan em 2018 aqui