Equipe Manzana Postobon é encerrada por causa do doping

HomeCompetiçõesCiclismo

Equipe Manzana Postobon é encerrada por causa do doping

Única equipe da categoria Pro Continental da Colômbia, que estava na estrada desde 2007, perde patrocínio e anuncia fim

Equipe Manzana Postobon era a única Pro Continental da Colômbia

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

A Manzana Postobon, única equipe da categoria Profissional Continental colombiana de ciclismo, foi encerrada por causa de dois recentes casos de doping. “Tomamos a decisão de não continuar com a equipe e, a partir desta data, o time não vai participar mais das competições previstas no calendário nacional e internacional”, informou o comunicado do Pedaleamos por Colombia (Pedalamos pela Colômbia), proprietário da equipe, na última sexta-feira (24 de maio).

Em um outro comunicado, a Postobon, principal patrocinadora do time desde 2015, também anunciou o fim do contrato com o Pedaleamos por Colombia, mas confirmou que irá manter sua parceria com Federação Colombiana de Ciclismo.

A decisão pelo fim da equipe deve-se a dois recentes casos de doping, o de Juan José Amador (por esteroide boldenona) e o de Wilmar Paredes (por EPO), ambos na lista de suspensões da UCI (União Ciclística Internacional).

A equipe, fundada em 2007, entrou para a categoria Pro Continental há três anos e era formada atualmente por Luis Carlos Chia, jhojan Garcia, Bryan Gomez, Daniel Jaramillo, Omar Mendoza, Diego Ochoa, Felipe Osorio, Jordan Parra, Carlos Quintero, Jhonatan Restrepo, Aldemar Reyes, Nicolas Saenz, Yecid Sierra e Bernardo Suaza. Do time saíram nomes como Sergio Higuita (EF Education Firts), Juan Molano (UAE Emirates) e Hernando Bohórquez (Astana).