Aos 21 anos, Vitor Zucco é campeão brasileiro Elite e Sub 23

HomeCompetiçõesCiclismo nacional

Aos 21 anos, Vitor Zucco é campeão brasileiro Elite e Sub 23

Catarinense conquista vitória solo com vantagem de 1min04s; ciclista que vive nos Estados Unidos já integrou equipe na Espanha e disputou prova no Brasil pela 1ª vez

Vitor Zucco vence Brasileiro de Ciclismo na Elite e Sub 23

Do Bikemagazine
Texto e fotos: Dani Prandi

Aos 21 anos, o catarinense Vitor Zucco Schizzi (CCB Foundation) conquistou neste domingo (30 de junho) o título de campeão brasileiro de ciclismo de estrada na Elite e na Sub 23 ao faturar uma vitória solo em Paulínia (SP). Zucco cruzou com o tempo de 4h14min51s, vantagem de 1min04s, depois de atacar o grupo escapado a cinco voltas do final do percurso de 183 km, com 21 voltas. Alessandro Guimarães (Ribeirão Preto) ficou em 2º lugar e Alex Fábio Costa Correia (Topazza Team) foi o 3º.

Zucco cruza a meta com a bicicleta nos braços

Emoção após a conquista em Paulínia

Zucco, que nasceu em Blumenau, mas morou em Brusque, reduto do esporte, de onde saíram campeões como Márcio May, Murilo Fischer e Soelito Gohr, cruzou a linha com a bicicleta para o alto, no melhor estilo dos grandes campeões. “Nem sei porque fiz isso”, disse ao Bikemagazine. Após a conquista, desabou e, entre lágrimas e risos, recebeu o carinho dos pais e amigos. “Moro fora do Brasil há muito tempo e, neste ano, esta é a primeira vez que estou visitando a minha família.”

Esta foi a primeira vez que o catarinense, que vive nos Estados Unidos, onde estuda Economia, disputou uma prova no Brasil. Veio para o Campeonato Brasileiro com a ideia de vencer, e não só na Sub 23. “Queria o título da Elite”, disse o ciclista que, no Mundial de Ciclismo de 2015, em Richmond, integrou a seleção brasileira, na categoria Junior. Na ocasião, dos três brasileiros na prova, apenas ele terminou.

Depois da performance no Mundial, seguiu o conselho de Antonio Silvestre, técnico e ciclista, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Moscou-1980 e Seul-1988, e se mudou para a Bélgica, onde passou a treinar. Em 2016, voltou a vestir a camisa da seleção brasileira, agora no Pan-Americano e, em 2018, integrou a equipe espanhola Aldro Team, comandada por Manolo Saiz, que, de 1989 a 2003, esteve à frente da equipe Once. A temporada começou boa, com a conquista da camisa de montanha em uma das provas da Copa de Espanha. “Mas a equipe não teve continuidade e fiquei sem contrato. De volta aos Estados Unidos, passei a integrar o time Sub 23 da CCB Foundation, que reúne apenas ciclistas universitários”, contou.

Pelotão rodou compacto as primeiras oito voltas

O pelotão rodou compacto nas primeiras oito voltas. Depois, um grupo escapou e Zucco se manteve com eles, sem chamar atenção. “Ninguém me conhecia, então, quando percebi que ninguém estava trabalhando no pelotão, resolvi arriscar e atacar. É claro que não achei que iam me deixar ir sozinho, mas para minha surpresa ninguém buscou e foi aí que eu pensei: é agora”, relatou. Quando o pelotão percebeu, era tarde demais. A duas voltas do final, Zucco estava com vantagem de 1min13s.  

Depois da conquista, o novo campeão brasileiro já sonha com o Mundial de Ciclismo de 2019, que será em Yorkshire, na Grã-Bretanha, de 22 a 29 de setembro. Pretende ir para a Espanha treinar e se preparar para a disputa na Sub 23. “Vou fazer um bloco de treinos na Europa e já estudei bastante o percurso de Yorkshire, que é ideal para o meu perfil”, completou.

Pódio da Elite do Brasileiro de Ciclismo 2019

Alessandro Guimarães, que repetiu o segundo lugar do Brasileiro de 2018, destacou que o circuito em Paulínia foi exigente e que “faltou organização” do pelotão para buscar o resultado. Vale destacar que dos 163 ciclistas que largaram, 52 terminaram a prova.

Na Sub 23, Zucco venceu com vantagem de 3min37s sobre o 2º colocado, Pedro Guilherme Volpato Rossi (Clube Maringaense de Ciclismo). Samuel Hauane Reikdal Stachera (Rio Cycling team) foi o 3º, a 5min03s.

LEIA MAIS
Campeonato Brasileiro de Ciclismo no Bikemagazine

Vitor Zucco, o brasileiro Sub 23 que é novidade na Espanha