Danilas Ferreira vence Campeonato Brasileiro de Ciclismo

HomeCompetiçõesCiclismo nacional

Danilas Ferreira vence Campeonato Brasileiro de Ciclismo

Ciclista de Marília (SP) estava no trio escapado que liderou a prova em Paulínia; Flávia Oliveira e Cris Dias ficaram em 2º e 3º

Danilas Ferreira fatura o título de campeã brasileira de ciclismo de estrada

Do Bikemagazine
Texto e fotos: Bikemagazine

Em sua primeira prova de ciclismo na temporada 2019, Danilas Ferreira faturou, neste sábado (29 de junho), o título de campeã brasileira de estrada. Aos 27 anos, a atleta de Marília, no interior paulista, venceu o sprint da prova em Paulínia (SP) após se manter na fuga desde o início da disputa em um circuito de 8,47 km com 11 voltas e vento de 16km/h, que tornou a corrida ainda mais difícil.

“Acreditei na fuga e fui”, comemorou Danilas, que encerrou com o tempo de 2h32min15s. Flávia Oliveira e Cris Dias ficaram em 2º e 3º, ambas com 2h32min16s.

Pódio da Elite feminino

A nova campeã, que compete no mountain bike, contou ao Bikemagazine que sua bike Tropix foi montada um dia antes da prova. “Não disputei o contrarrelógio porque a bicicleta não passou pela aferição, então, na resistência, sabia que o circuito era favorável para mim e já comecei atacando. Os treinos de MTB me ajudaram a manter a força e a quatro voltas do final acreditei que poderia vencer pois estava me sentindo bem”, afirmou.

O trio escapado que chegou a abrir 3 minutos de vantagem

Danilas saiu na fuga com Cris Silva (Prefeitura de Santos) e Márcia Fernandes (Clube Fernandes de Ciclismo) e o trio chegou a abrir 3 minutos de vantagem. Flavia Oliveira (avulso) resolveu buscar e fez uma corrida de recuperação surpreendente. Em seu retorno às competições após cumprir seis meses de suspensão, a carioca encostou no trio escapado na volta final. “Alcancei na última subida e é claro que gostaria de ter vencido, mas o resultado foi bom”, afirmou Flavia, que venceu o Brasileiro de 2018, mas foi pega no exame antidoping pelo uso de higenamina, substância estimulante para queima de gordura.

Como ninguém do pelotão a acompanhou, Flavia enfrentou o vento sozinha e conquistou a torcida por sua determinação em alcançar as escapadas, que estavam a 2min49s. “Consegui fazer a minha corrida e foi uma sensação boa, o apoio da galera foi eletrizante e o resultado me deu mais confiança para continuar”, completou. Agora, a 7ª colocada no ciclismo olímpico dos Jogos Rio-2016, um resultado histórico, volta aos Estados Unidos, onde mora, e vai se preparar para o Tour do Colorado, que vai disputar como integrante da equipe Fearless Femme, em agosto.

Flavia Oliveira na perseguição

Aos 37 anos, Cris Silva, que é de Americana (SP) e integra a equipe de Santos, terminou na 3ª colocação depois de ficar na roda de Flavia no trecho final. “Cheguei com a ideia de sair na fuga, mas não esperava que a fuga iria começar tão cedo. Com o vento contra, uma hora senti o cansaço e percebi que a Flavia ia chegar. Como a Danilas tem característica de sprint, fiquei com a Flavia”, contou.

Pódio da Sub 23

Na categoria Sub 23, a vencedora foi Talita Oliveira (Liga de Ciclismo Campos Gerais), que terminou com o tempo de 2h36s30s. A campeã já tinha conquistado, no dia anterior, o título do contrarrelógio. Nicolle Wendy Borges (SMELJ Curitiba) ficou em 2º lugar, com 2h37min17s, e Thayná Araújo de Lima foi a 3ª, com o tempo de 2h43min.

MELHORES MOMENTOS

Neste domingo serão realizadas as provas de estrada das categorias Sub 23 e Elite masculino, com percurso de 184,8 km.

PROGRAMAÇÃO

30/6 domingo
9h – Prova de Resistência (Estrada)
Sub 23 e Elite masculino

Parque Brasil 500 – Paulínia (SP)