Tour de France: Mike Teunissen surpreende e é o 1º camisa amarela

HomeCompetiçõesTour de France

Tour de France: Mike Teunissen surpreende e é o 1º camisa amarela

Holandês bateu Sagan e Caleb Ewan no sprint em Bruxelas; abertura teve homenagem a Eddy Merckx, queda na chegada e Greg Van Avermaet como destaque

Mike Teunissen vence abertura do Tour de France

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O holandês Mike Teunissen (Jumbo-Visma) venceu neste sábado (6 de julho) a etapa de abertura do Tour de France, em Bruxelas, ao bater Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) no sprint. Caleb Ewan (Lotto Soudal) ficou em 3º lugar.

A vitória de Teunissen surpreendeu o pelotão já que ele, escalado para ajudar a embalar o sprinter Dylan Groenewegen, aproveitou a oportunidade depois que seu colega de equipe ficou para trás em uma grande queda que mudou os rumos da chegada dentro dos últimos 2 km da etapa de 194,5 km.

Sprint da 1ª etapa em Bruxelas

Mike Teunissen é o primeiro a vestir a camisa amarela

Depois da queda, a Deceuninck-QuickStep assumiu o controle na frente, mas seu velocista Elia Viviani estava mal posicionado no último quilômetro. Michael Matthews (Sunweb) abriu o sprint a 300 metros de chegada, antes de Sagan acelerar, junto com Sonny Colbrelli (Bahrain-Merida). Ewan seguiu o ritmo, mas foi Teunissen quem encontrou o melhor caminho e conquistou a vitória e a primeira camisa amarela do Tour 2019.

“Eu ainda não consigo acreditar”, disse Teunissen, que garantiu uma camisa amarela para a Holanda após 30 anos. “Nós estávamos trabalhando para Dylan e então, a 1.5km da chegada, tudo mudou. Então eu pensei que poderia arriscar e apenas segui forte até a meta”, contou o ciclista, que tem 25 anos e lidera com vantagem de 4 segundos sobre Sagan e 6 segundos sobre Ewan.

Passagem pelo Mur de Grammont

Na etapa, um dos destaques foi o campeão olímpico dos Jogos Rio-2016 Greg Van Avermaet (CCC), que estava no grupo escapado que chegou a abrir mais de 3 minutos de vantagem e liderou na passagem pelo Mur de Grammont, a primeira subida categorizada de 2019, e conquistou a liderança da classificação da montanha. Ewan encerrou com a camisa branca de melhor e Teunissen acumulou a camisa verde da classificação por pontos.

O ícone Eddy Merckx foi homenageado

A largada em Bruxelas celebrou o 50º aniversário da primeira vitória do ícone belga Eddie Merckx no Tour. A etapa, além do Mur de Grammont, ícone do Tour de Flanders, teve um trecho de paralelepípedos e ainda passou pelo Bosberg e por Woluwe-Saint-Pierre, onde Merckx ganhou pela primeira vez a camisa amarela, pedalando para o que seria seu primeiro sucesso na classificação geral, em 1969.

MELHORES MOMENTOS

BIKE-CAM

TOP 10 DA ETAPA
1 Mike Teunissen (Hol) Team Jumbo-Visma 4:22:47
2 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe m.t.
3 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal m.t.
4 Giacomo Nizzolo (Ita) Dimension Data m.t.
5 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida m.t.
6 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb m.t.
7 Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott m.t.
8 Oliver Naesen (Bel) AG2R La Mondiale m.t.
9 Elia Viviani (Ita) Deceuninck-QuickStep m.t.
10 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Mike Teunissen (Hol) Team Jumbo-Visma 4:22:37
2 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 0:00:04
3 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal 0:00:06
4 Giacomo Nizzolo (Ita) Dimension Data 0:00:10
5 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida m.t.
6 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb m.t.
7 Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott m.t.
8 Oliver Naesen (Bel) AG2R La Mondiale m.t.
9 Elia Viviani (Ita) Deceuninck-QuickStep m.t.
10 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo m.t.

 

Altimetria do contrarrelógio por equipes

O pelotão continua em Bruxelas neste domingo, para a disputa do contrarrelógio por equipes, com 27,6 km, que vai passar por pontos históricos da capital belga.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 6 de julho – Bruxelas 194,5 km
Etapa 2 – 7 de julho – Bruxelas (contrarrelógio por equipes ) 27,6 km
Etapa 3 – 8 de julho – Binche – Epernay 215 km
Etapa 4 – 9 de julho – Reims – Nancy 213,5 km
Etapa 5 – 10 de julho – Saint-Die-Des-Vosges – Colmar 175,5 km
Etapa 6 – 11 de julho – Mulhouse – La Planche Des Belles Filles 160,5 km
Etapa 7 – 12 de julho – Belfort – Chalon-Sur-Saone 230 km
Etapa 8 – 13 de julho – Macon – Saint-Etienne 199 km
Etapa 9 – 14 de julho – Saint-Etienne – Brioude 170,5 km
Etapa 10 – 15 de julho – Saint-Flour – Albi 217,5 km
Descanso – 16 de julho
Etapa 11 – 17 de julho – Albi – Toulouse 167 km
Etapa 12 – 18 de julho – Toulouse – Bagneres-De-Bigorre 209,5 km
Etapa 13 – 19 de julho – Pau (contrarrelógio individial) 27,2 km
Etapa 14 – 20 de julho – Tarbes – Tourmalet 117,5 km
Etapa 15 – 21 de julho – Limoux – Foix 185 km
Descanso – 22 de julho
Etapa 16 – 23 de julho – Nimes – Nimes 177 km
Etapa 17 – 24 de julho – Pont Du Gard – Gap 200 km
Etapa 18 – 25 de julho – Embrun – Valloire 208 km
Etapa 19 – 26 de julho – Saint-Jean-De-Maurienne – Tignes 126,5 km
Etapa 20 – 27 de julho – Albertville – Val Thorens 130 km
Etapa 21 – 28 de julho – Rambouillet – Paris Champs-Elysees 128km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine