Vuelta 2019: Philippe Gilbert vence 12ª etapa; Roglic lidera

HomeCompetiçõesVolta a Espanha

Vuelta 2019: Philippe Gilbert vence 12ª etapa; Roglic lidera

Belga ataca grupo escapado na subida final e conquista vitória solo; classificação geral permanece sem mudanças um dia antes da 2ª etapa rainha

Gilbert na vitória em Bilbao, sua 10ª vitória Grand Tour

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Vuelta/Photogomez Sports

Philippe Gilbert (Deceuninck-QuickStep) conquistou nesta quinta-feira (5 de setembro) uma vitória solo da 12ª etapa da Volta a Espanha, sua primeira vitória desde a Paris-Roubaix e a 10ª vitória Grand Tour de sua carreira, que ele fez referência ao cruzar a meta.

“Foi uma loucura, a atmosfera na última subida foi como a das clássicas e a torcida me deu muita motivação. O País Basco é quase como Flandres, eles adoram ciclismo”, disse o vencedor.

Largada foi no circuito de Navarra

No percurso da 12ª etapa da Vuelta

O belga escapou de seus companheiros de fuga na última das três íngremes subidas de categoria 3 nos 40 km finais e cruzou com 3 segundos de vantagem sobre Alexander Aranburu (Caja Rural) e Fernando Barceló (Euskadi-Murias), que ficaram em 2º e 3º. A etapa, que largou no Circuito de Navarra, teve 171,4 km de percurso.

Aranburu e Barceló foram os únicos que conseguiram perseguir Gilbert no Alto de Arraiz (2,2 km a 12,2%). O pelotão estava reduzido na escalada final, mas, apesar de os favoritos ao título geral estarem na frente do grupo, não houve novos ataques. Gilbert segurou bem a a pressão e, no topo, estava com 19 segundos de vantagem.

No último quilômetro, a vantagem era de 8 segundos e Gilbert se virou para ver a situação e seguiu firme até a linha de chegada em Bilbao. “Tentei correr de forma inteligente e, claro, tive uma grande ajuda do meu companheiro de equipe Tim Declercq”, completou o belga.

Não houve mudanças na classificação geral, com Primoz Roglic (Jumbo-Vista) na liderança e Alejandro Valverde em 2º, a 1min52s. Miguel Angel Lopez manteve a 3ª colocação, a 2min11s.

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1. Philippe Gilbert (Bel) Deceuninck – Quick-Step 03:48:18
2. Alex Aranburu (Esp) Caja Rural – Seguros RGA a 3s
3. Fernando Barceló (Esp) Euskadi Basque Country – Murias m.t.
4. José Joaquín Rojas (Esp) Movistar a 22s
5. Nikias Arndt (Ale) Sunweb a 26s
6. Tosh Van der Sande (Bel) Lotto-Soudal a 29s
7. Cyril Barthe (Fra) Euskadi Basque Country – Murias m.t.
8. Manuele Boaro (Ita) Astana m.t.
9. Tim Declerq (Bel) Deceuninck – Quick-Step m.t.
10. Valerio Conti (Ita) UAE Team Emirates a 31s

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1. Primož Roglič (Slo) Jumbo-Visma 44:52:08
2. Alejandro Valverde (Esp) Movistar a 1min52s
3. Miguel Ángel López (Col) Astana a 2min11s
4. Nairo Quintana (Col) Movistar a 3min
5. Tadej Pogačar (Slo) UAE Team Emirates a 3min05s
6. Carl Frederik Hagen (Nor) Lotto-Soudal a 4min59s
7. Rafał Majka (Pol) Bora-Hansgrohe a 5min42s
8. Nicolas Edet (Fra) Cofidis a 5min49s
9. Dylan Teuns (Bel) Bahrain-Merida a 6min07s
10. Wilco Kelderman (Hol) Sunweb a 6min25s

A 13ª etapa terá sete passagens de montanha

Nesta sexta-feira, a 13ª etapa terá 166,4 km, de Bilbao a Los Machucos/Monumento Vaca Pasiega. O pelotão vai encarar sete passagens de montanha: quatro subidas de categoria 3, duas de categoria 2 e a chegada no alto de Los Machucos, de categoria especial, muito exigente, que estreou na Vuelta de 2017. A largada será no estádio San Mamés e a chegada nas rampas que podem chegar a até 30% de inclinação no trecho de 7,2 km da subida final. Esta é considerada a 2ª etapa rainha da Vuelta 2019.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 24 de agosto – Salinas de Torrevieja CRE 13,5 km
Etapa 2 – 25 de agosto – Benidorm – Calpe 199,6 km
Etapa 3 – 26 de agosto – Ibi – Alicante 188 km
Etapa 4 – 27 de agosto – Cullera – El Puig 175,5 km
Etapa 5 – 28 de agosto – L’Eliana – Observatório Astrofísico de Javalambre 170,7 km
Etapa 6 – 29 de agosto – Mora de Rubielos – Ares del Maestrat 198,9 km
Etapa 7 – 30 de agosto – Onda – Mas de la Costa 183,2 km
Etapa 8 – 31 de agosto – Valls – Igualada 166,9 km
Etapa 9 – 1 de setembro – Andorra la Vella – Cortals d’Encamp 94,4 km
Descanso – 2 de setembro
Etapa 10 – 3 de setembro – Jurançon – Pau CRI 36,1 km
Etapa 11 – 4 de setembro – Saint Palais – Urdax-Dantxarinea 180 km
Etapa 12 – 5 de setembro – Los Arcos/Circuito de Navarra – Bilbao 171,4 km
Etapa 13 – 6 de setembro – Bilbao – Los Machucos. Monumento Vaca Pasiega 166,4 km
Etapa 14 – 7 de setembro – San Vicente de la Barquera – Oviedo 188 km
Etapa 15 – 8 de setembro – Tineo – Santuario del Acebo 154,4 km
Etapa 16 – 9 de setembro – Pravia – Alto de la Cubilla 144,4 km
Descanso – 10 de setembro
Etapa 17 – 11 de setembro – Aranda de Duero – Guadalajara 219,6 km
Etapa 18 – 12 de setembro – Comunidad de Madrid/Colmenar Viejo – Becerril de la Sierra 177,5 km
Etapa 19 – 13 de setembro – Ávila – Toledo 165,2 km
Etapa 20 – 14 de setembro – Arenas de San Pedro – Plataforma de Gredos 190,4 km
Etapa 21 – 15 de setembro – Fuenlabrada – Madri 106,6 km

LEIA MAIS
Volta a Espanha no Bikemagazine