Coronavírus: Cape Epic é cancelada às vésperas da largada

HomeCompetiçõesCape Epic

Coronavírus: Cape Epic é cancelada às vésperas da largada

Organização da ultramaratona na África do Sul confirma que recebeu conselho formal do governo para cancelar a competição que começaria domingo

Avancini e Fumic na 3ª etapa da Cape Epic de 2019 Foto: Greg Beadle

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

A ultramaratona Cape Epic, na África do Sul, foi cancelada, confirmou na tarde desta sexta-feira (13 de março) o fundador da corrida, Kevin Vermaak. “Eu tomo essa decisão com o coração pesado, mas a saúde e a segurança de todos os envolvidos no evento devem ser fundamentais. Às 18h de hoje, recebemos o conselho formal do governo e a corrida está cancelada.”

Já com os competidores na África do Sul, como o campeão mundial e olímpico Nino Schurter e seu parceiro Lars Forster (Scott-Sram), que venceram a corrida no ano passado, e o brasileiro Henrique Avancini e o alemão Manuel Fumic (Cannondale Factory Racing), que ficaram em 2º lugar, a ultramaratona, que começaria domingo, estava esvaziada por causa da pandemia de coronavírus. Muitas equipes, como a italiana Trek-Pirelli e a espanhola MMR decidiram não participar, assim como diversas duplas amadoras. Da Orbea, a dupla formada por Joaquim “Purito” Rodriguez e Oliver Avilés também desistiu.

“Preocupados com a saúde e a segurança de nossos competidores, seguindo recomendações recentes recebidas do governo não temos outra opção a não ser cancelar a corrida. A Mediclinic, parceira médica do evento desde o início e que presta serviços a muitos eventos de Western Cape, apóia a decisão. A decisão também conta com o apoio total da maioria de nossos patrocinadores, incluindo nosso principal patrocinador, a Absa”, informa o comunicado oficial.

A África do Sul registrou, até o dia 13 de março, 24 casos confirmados de coronavírus.

LEIA MAIS
Cape Epic no Bikemagazine