Coronavírus: Tirreno-Adriático e Milão-San Remo são canceladas

HomeCompetiçõesCiclismo

Coronavírus: Tirreno-Adriático e Milão-San Remo são canceladas

Organizadores também confirmaram que não serão disputados o Giro da Sicília e a Settimana Coppi e Bartali; novas datas serão acertadas com a UCI

Pelotão na Tirreno-Adriático de 2019

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

Depois da Strade Bianche, a RCS Sport confirmou, nesta sexta-feira (6 de março), o cancelamento da Tirreno-Adriático (de 11 a 17 de março), Milão-San Remo (8 de março) e Giro da Sicília (de 1 a 4 de abril) após o decreto do governo italiano que suspende todos os eventos esportivos em resposta ao surto de coronavírus Covid-19.

Os organizadores da Settimana Coppi e Bartali (25 a 29 de março) também anunciaram o cancelamento da competição.

“Após a confirmação das autoridades do setor de que eles são incapazes de conceder autorizações apropriadas, a RCS Sport anuncia que a Tirreno-Adriático foi cancelada”, informa o comunicado da RCS Sport, que também organiza o Giro d’Itália.

“Além disso, como as autoridades competentes verificaram que não existem condições adequadas para que eles não possam garantir as disposições do decreto e para garantir a salvaguarda da saúde pública e a segurança de todas as pessoas envolvidas, a RCS Sport decidiu cancelar a Milão-San Remo, programada para 21 de março, e o Giro da Sicília, de 1 a 4 de abril.”

A RCS Sport informa que solicitou à UCI que as corridas sejam remarcadas, provavelmente para depois do Giro d’Itália, de 9 a 31 de maio. As próximas grandes corridas italianas estão previstas para o final de abril: Tour dos Alpes (20 a 24 de abril) e Giro dell’Appennino (26 de abril). 

Na manhã desta sexta-feira, relatório do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças apontou 3.858 casos de coronavírus na Itália, com 148 mortes.

LEIA TAMBÉM
Coronavírus: organizadora anuncia cancelamento da Strade Bianche