Taça Brasil XCO Brasil Ride: saiba mais sobre a pista em Amparo

HomeCompetiçõesBrasil Ride

Taça Brasil XCO Brasil Ride: saiba mais sobre a pista em Amparo

Conheça detalhes do circuito montado para a competição no dia 15 de março, com 4,5 km e 160 metros de altimetria acumulada e que ficará aberto após a disputa

Pista para a corrida Taça Brasil XCO Brasil Ride, em Amparo, no interior paulista

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A pista da disputa da inédita Taça Brasil XCO Brasil Ride, dia 15 de março, em Amparo (SP), está pronta para receber a corrida. Com 4,5 km e 160 m de altimetria acumulada, a pista no Brasil Ride Bike Club foi construída para garantir um circuito duro e bastante técnico. O único trecho plano está entre a área de apoio e o pórtico de chegada, com cerca de 500 m, sem exigência técnica, entretanto com piso pesado por ser parte dele na grama. O restante é todo com aclives ou declives em single track. 

Reconhecimento do pump track

Trecho do circuito do pump track

A pista começa plana e a primeira inclinação na grama leva ao início da subida em single track. Este trecho inicial já servirá para que haja uma seleção entre os atletas, com partes que chegam a inclinação de 28%. Nesta subida há dois pontos marcantes. O primeiro é a subida “Moby Dick” e, depois, a do “Mandacaru”, e ambas exigem muita técnica e potência. A trilha começa a ter predominância de descidas, mas muitas delas seguidas de subidas curtas e íngremes.

São muitos os ziguezagues, com curvas em 180º, e a habilidade na pilotagem é que ditará a velocidade e fará a diferença. O ponto mais alto da pista é conhecido como a subida da “marreta”, com opção de seguir na trilha principal, com inclinação mais difícil, ou pela alternativa, um pouco menos inclinada e mais longa, chamada de “chicken line”. A pista continua com muito ziguezague e curvas e, próximo do final, há a última subida desafiadora antes dos pumps-tracks e, então, o rock garden.

Mario Roma no reconhecimento do circuito

“A pista foi montada de tal forma que o público conseguirá ver de camarote a área de apoio aos atletas, assim como o rock garden. Uma trilha de pedestre que corta o circuito permite ainda que todos circulem e vejam de perto alguns pontos da pista. Interessante é que, também da arena, é possível acompanhar boa parte da pista dos trechos de ziguezague. É um percurso difícil, mas se nota a cada volta a evolução. Quanto mais se reconhece, os obstáculos vão ficando mais viáveis de se superar”, diz Mario Roma, fundador da Brasil Ride.

A pista ficará aberta após a competição, segundo Roma. “Construímos uma pista que ficará disponível para todos pedalarem durante o ano. Além do circuito, temos um pump track e um pump kids, ou seja, pistas que desenvolvem a base do ciclismo. Somos a única agência a fazer isso no País e queremos deixar um legado visando a Olimpíada de Paris 2024”, completa.

As inscrições para participar da prova vão até o dia 12 de março. A Taça Brasil XCO Brasil Ride será disputada no Hotel Fazenda Sant’Anna, em Amparo, no interior paulista. Veja mais informações e inscrições aqui

Programação
A competição terá abertura da arena na sexta-feira (13), com a montagem das tendas de equipes e assessorias, além de treinos livres entre 13h e 17h. No sábado (14), os treinos estão liberados entre 10h e 17h, com a realização do congresso técnico às 16h. Os kit atletas podem ser retirados neste mesmo dia, entre 13h e 18h, ou então no domingo, das 7h às 9h. A prova contará com cinco baterias às 8h30, 10h30, 12h30 (super elites e júnior masculino), 14h15 e 15h30. Haverá ainda a Kids Bike Race, às 11h.