Tour de France: Ewan vence 11ª etapa; Sagan punido por sprint irregular

HomeCompetiçõesTour de France

Tour de France: Ewan vence 11ª etapa; Sagan punido por sprint irregular

Sprint foi tão disputado que resultado só foi confirmado após a análise do Photo Finish; Sagan perdeu os pontos e caiu para o último lugar por manobra perigosa

Caleb Ewan vence 11ª etapa

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Caleb Ewan (Lotto Soudal) venceu nesta quarta-feira a 11ª etapa do Tour de France com um sprint poderoso em Poitiers. Deixou Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) e Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep) para trás depois de acelerar nos metros finais, mas a vitória teve que ser confirmada no Photo Finish. Esta foi a segunda vitória de Ewan no Tour 2020, depois de faturar a 3ª etapa, e a quinta conquista do australiano em etapas da prova.

Após análise das imagens da chegada, Sagan foi penalizado e perdeu a 2ª colocação por ter feito uma manobra perigosa no sprint ao tentar forçar passagem sobre Wout Van Aert (Jumbo-Visma), que tinha cruzado em 4º. Mas imagens divulgadas após a chegada pelas redes sociais sugerem que Sagan não teria empurrado Van Aert e sim se esquivado de um telefone celular de um espectador.

Imagem de rede social

Com a situação, Sam Bennett ampliou sua vantagem com a camisa verde e está com 243 pontos. Sagan, além de ir para a última posição na chegada, perdeu os 43 pontos acumulados no dia e está com 175 pontos. 

Momento do sprint

A 250 metros do final, Ewan parecia perdido no meio do pelotão, mas encontrou seu caminho pacientemente, até chegar em Bennett. A 100m do final, parecia que Bennett estava se aproximando de sua segunda vitória no Tour de France, mas Ewan foi mais rápido e passou pelo irlandês com menos de 50m para terminar. 

“Foi muito, muito agitado. Eu sabia desde a primeira etapa que tinha vencido que tinha que ficar calmo e esperar o momento certo e a lacuna certa para abrir, e assim aconteceu. Estava com muita vontade de vencer hoje depois de ontem. Fiquei bastante desapontado com aquele sprint. Estou feliz em retribuir meus companheiros de equipe com a vitória. Eu realmente não sabia que tinha ganhado”, disse Ewan.

“Estou super feliz com duas vitórias em etapas; uma tira a pressão e depois da primeira, você quer uma segunda. Agora quero outra, principalmente em Paris. Espero atravessar bem as montanhas e chegar bem em Paris”, completou o australiano.

Matthieu Ladagnous na longa fuga solitária do dia

A etapa começou com um ataque de Matthieu Ladagnous (Groupama-FDJ), que logo abriu mais de cinco minutos de vantagem. O francês levou o único ponto KOM em jogo no Côte des Cherveux, no Km 91, também passou sozinho no sprint intermediário e se tornou o autor da maior fuga solo até agora do 107º Tour de France, com mais de 120 km na ponta antes de ser alcançado faltando 43 km para a meta. Ladagnous levou o prêmio de mais combativo.

Na classificação geral não houve mudanças, com Primoz Roglic (Jumbo Visma) na liderança, com  vantagem de 21 segundos sobre Egan Bernal (Ineos Grenadiers). Benoit Cosnefroy (AG2R la Mondiale) manteve a camisa de bolinhas vermelhas da liderança de montanha e Bernal a camisa branca da classificação de melhor jovem.

TOP 10 DA ETAPA 11
1 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal 04:00:01
2 Sam Bennett (Irl) Deceuninck-Quickstep m.t.
3 Wout van Aert (Bel) Team Jumbo-Visma m.t.
4 Bryan Coquard (Fra) B&B Hotels-Vital Concept m.t.
5 Clement Venturini (Fra) AG2R la Mondiale m.t.
6 Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo m.t.
7 Luka Mezgec (Slo) Mitchelton-Scott m.t.
8 Hugo Hofstetter (Fra) Israel Start-Up Nation m.t.
9 Oliver Naesen (Bel) AG2R la Mondiale m.t.
10 Ryan Gibbons (RSA) NTT Pro Cycling m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Primoz Roglic (Slo) Team Jumbo-Visma 46:15:24
2 Egan Arley Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 00:00:21
3 Guillaume Martin (Fra) Cofidis 00:00:28
4 Romain Bardet (Fra) AG2R la Mondiale 00:00:30
5 Nairo Quintana (Col) Team Arkea-Samsic 00:00:32
6 Rigoberto Uran (Col) EF Pro Cycling 00:00:32
7 Tadej Pogacar (Slo) UAE Team Emirates 00:00:44
8 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott 00:01:02
9 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Astana Pro Team 00:01:15
10 Mikel Landa Meana (Esp) Bahrain McLaren 00:01:42

ÚLTIMO KM

VEJA O SPRINT DO ALTO

12ª etapa
Nesta quinta-feira, a 12ª etapa, de Chavigny a Sarran, terá 218 km e será a mais longa do Tour 2020. Veja altimetria:

Altimetria da 12ª etapa

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

AS ETAPAS
Etapa 1 – Sábado, 29 de agosto – Nice – 156 km
Etapa 2 – Domingo, 30 de agosto – Nice a Nice – 187 km
Etapa 3 – Segunda-feira, 31 de agosto – Nice a Sisteron 198 km
Etapa 4 – Terça-feira, 1 de setembro – Sisteron a Orcieres-Merlette 157 km
Etapa 5 – Quarta-feira, 2 de setembro – Gap a Privas 183 km
Etapa 6 – Quinta-feira, 3 de setembro – Le Teil a Mont Aigoual 191 km
Etapa 7 – Sexta-feira, 4 de setembro – Millau a Lavaur 168 km
Etapa 8 – Sábado, 5 de setembro – Cazeres a Loudenvielle 140 km
Etapa 9 – Domingo, 6 de setembro – Pau a Laruns 154 km

Descanso – Segunda-feira, 7 de setembro

Etapa 10 – Terça-feira, 8 de setembro – Ile de Re a Il d’Oleron 170 km
Etapa 11 – Quarta-feira, 9 de setembro – Chatelaillon-Plage a Poitiers 167 km
Etapa 12 – Quinta-feira, 10 de setembro – Chavigny a Sarran 218 km
Etapa 13 – Sexta-feira, 11 de setembro – Chatel-Guyon e Puy Mary 191 km
Etapa 14 – Sábado, 12 de setembro – Clermont-Ferrand a Lyon 197 km
Etapa 15 – Domingo, 13 de setembro – Lyon a Grand Colombier 175 km

Descanso – Segunda-feira, 14 de setembro

Etapa 16 – Terça-feira, 15 de setembro – Tour du Pin a Villard-de-Lans 164 km
Etapa 17 – Quarta-feira, 16 de setembro – Grenoble a Meribel 168 km
Etapa 18 – Quinta-feira, 17 de setembro – Meribel a La Roche-sur-Foron 168 km
Etapa 19 – Sexta-feira, 18 de setembro – Bourg-en-Bresse a Champagnole 160 km
Etapa 20 – Sábado, 19 de setembro – Contrarrelógio La Planche des Belles Filles 36 km
Etapa 21 – Domingo, 20 de setembro – Mantes-la-Jolie a Paris 122 km