Giro 2020: Jai Hindley vence etapa rainha; Kelderman é o novo líder

HomeCompetiçõesCiclismo

Giro 2020: Jai Hindley vence etapa rainha; Kelderman é o novo líder

Jai Hindley e Geoghegan Hart disputam sprint após mais de 6 horas de corrida, com passagem pelo Stelvio; confira a nova classificação geral

O australiano Jai Hindley vence a 18ª etapa do Giro

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O australiano Jai Hindley (Sunweb) venceu nesta quinta-feira (22 de outubro) a etapa rainha do Giro D’Itália, com passagem pelo Stelvio e chegada no Lago de Cancano. O vencedor da 18ª etapa da competição faturou o sprint disputado com o britânico Tao Geoghegan Hart (Grenadiers) após 6h03min de corrida, a uma média de 34,210km/h.

O espanhol Pello Bilbao (Bahrain McLaren) terminou em 3º lugar, a 46 segundos.

Hindley e Geoghegan Hart na chegada

Com a reformulação da etapa 20, que por causa dos protocolos anti-Covid-19 não passará mais pela França e, assim, não contará mais com o Colle dell’Agnello, Col d’Izoard e Montgenèvre, a etapa sobre o Stelvio tornou-se a etapa rainha e o grande cenário para a batalha pela maglia rosa. 

A etapa marcou o fim da liderança do português João Almeida (Deceuninck-QuickStep), que ficou para trás faltando 48 km para a meta na passagem pelo Stelvio enquanto seu principal adversário, Wilco Kelderman (Sunweb), que estava em 2º, a 17 segundos, na geral, aumentava o ritmo. Kelderman terminou a etapa na 5ª colocação, a 2min18s, enquanto Almeida terminou em 7º, a 4min51s.

A três etapas do final, Kelderman é agora o novo líder, com seu colega de equipe Hindley em 2º a 12 segundos. Tao Geoghegan Hart subiu para 3º, a 15 segundos. Almeida caiu para a 5ª colocação, a 2min16s.

 

 

“Estou muito feliz. Foi uma etapa muito bonita, com escaladas épicas. Eu vi a oportunidade de vencer e aproveitei. Acho que Tao estava muito forte e também estava escalando em um nível muito alto, ele tem sido super impressionante”, afirmou o vencedor. “Vencer essa etapa é uma sensação incrível, foi uma etapa fantástica. Um grande passo em frente na minha carreira e um duplo sucesso para a equipe, com a maglia rosa de Kelderman.”

“Foi a etapa mais difícil da minha vida. Tínhamos um objetivo e o alcançamos. Vestir a maglia rosa é um sonho”, comemorou Kelderman. “Foi um dia louco, eu sabia que ia ser difícil, mas consegui. Abandonamos o Almeida bem cedo no Stelvio e aí foi uma corrida atrás da Ineos, que estava super forte.”

Kelderman é o novo maglia rosa

Rohan Dennis foi o primeiro no Stelvio

Um grande destaque da etapa foi o trabalho que Rohan Dennis (Ineos Grenadiers) fez para segurar a ponta na passagem pelo Stelvio. O australiano foi determinante para a chegada do colega de equipe Geoghegan Hart.

Enquanto Dennis, Geoghegan Hart e Hindley subiam juntos em direção ao Cima Copi, o ponto mais alto do Giro 2020, a 2.746 metros, com a “escala di Fraele” (21 “degraus” íngremes comparados com as Lacets de Montvernier nos Alpes franceses) no caminho, o então maglia rosa Almeida perdia tempo junto com outros grandes nomes, como Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo) e Jakob Fuglsang (Astana).

Hindley e Kelderman, da equipe Sunweb

Quando a corrida atingiu o topo, os ciclistas se espalharam montanha abaixo enquanto a classificação geral rapidamente se transformava em uma batalha entre Ineos e Sunweb. Hindley fez seu trabalho, na roda do rival da Ineos até o final, enquanto Kelderman se empenhava na descida solitária.

Além da vitória, Hindley conquistou a camisa branca de melhor jovem. A camisa ciclamino da classificação por pontos continua com Arnaud Demare (Goupama-FDJ) e a azzurra da classificação de montanha com o português Ruben Guerreiro (EF Pro Cycling). 

ÚLTIMO KM

TOP 10 DA ETAPA
1 Jai Hindley (Aus) Team Sunweb 6:03:03
2 Tao Geoghegan Hart (GBr) Ineos Grenadiers
3 Pello Bilbao (Esp) Bahrain McLaren 0:00:46
4 Jakob Fuglsang (Din) Astana Pro Team 0:01:25
5 Wilco Kelderman (Hol) Team Sunweb 0:02:18
6 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe 0:04:04
7 João Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep 0:04:51
8 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo
9 Hermann Pernsteiner (Aut) Bahrain McLaren
10 Fausto Masnada (Ita) Deceuninck-Quickstep 0:04:55

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Wilco Kelderman (Hol) Team Sunweb 77:46:56
2 Jai Hindley (Aus) Team Sunweb 0:00:12
3 Tao Geoghegan Hart (GBr) Ineos Grenadiers 0:00:15
4 Pello Bilbao (Esp) Bahrain McLaren 0:01:19
5 João Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep 0:02:16
6 Jakob Fuglsang (Din) Astana Pro Team 0:03:59
7 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe 0:05:40
8 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo 0:05:47
9 Fausto Masnada (Ita) Deceuninck-Quickstep 0:06:46
10 Hermann Pernsteiner (Aut) Bahrain McLaren 0:07:23

Próxima etapa
Nesta sexta-feira, a 19ª etapa, com 253 km de Morbegno a Asti, é a mais longa do Giro 2020. Um dia ideal para os velocistas que sobraram na corrida, que podem buscar uma recompensa na classificação por pontos. A etapa no Sul dos Alpes contorna a costa leste do Lago de Como, antes de virar para oeste em direção à própria Como.

A 1ª etapa, com com 253 km de Morbegno a Asti, é a mais longa do Giro 2020

AS ETAPAS
Etapa 1 – 3 de outubro – Monreale – Palermo – 15,1 km Contrarrelógio individual
Etapa 2 – 4 de outubro – Alcamo – Agrigento – 149 km
Etapa 3 – 5 de outubro – Enna – Etna (Linguaglossa Piano Provenzana) – 150 km
Etapa 4 – 6 de outubro – Catania – Villafranca Tirrena – 140 km
Etapa 5 – 7 de outubro – Mileto – Camigliatello Silano – 225 km
Etapa 6 – 8 de outubro – Castrovillari – Matera – 188 km
Etapa 7 – 9 de outubro – Matera – Brindisi – 143 km
Etapa 8 – 10 de outubro – Giovinazzo – Vieste (Gargano) – 200 km
Etapa 9 – 11 de outubro – San Salvo – Roccaraso (Aremogna) – 208 km
12 de outubro – Descanso
Etapa 10 – 13 de outubro – Lanciano – Tortoreto – 177 km
Etapa 11 – 14 de outubro – Porto Sant’Elpidio – Rimini – 182 km
Etapa 12 – 15 de outubro – Cesenatico – Cesenatico – 204 km
Etapa 13 – 16 de outubro – Cervia – Monselice – 192 km
Etapa 14 – 17 de outubro – Conegliano – Valdobbiadene – Contrarrelógio individual 34,1 km
Etapa 15 – 18 de outubro – Base Aerea Rivolto (Frecce Tricolori) – Piancavallo – 185 km
19 de outubro – Descanso
Etapa 16 – 20 de outubro – Udine – San Daniele del Friuli – 229 km
Etapa 17 – 21 de outubro – Bassano del Grappa – Madonna di Campiglio – 203 km
Etapa 18 – 22 de outubro – Pinzolo – Laghi di Cancano (Parco Nazionale dello Stelvio) – 207 km
Etapa 19 – 23 de outubro – Morbegno – Asti – 253 km
Etapa 20 – 24 de outubro – Alba – Sestriere – 198 km
Etapa 21 – 25 de outubro – Cernusco sul Naviglio – Milão – Contrarrelógio – 15,7 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine