Giro 2020: em cenário inédito, Hindley e Hart empatam antes da etapa final

HomeCompetiçõesCiclismo

Giro 2020: em cenário inédito, Hindley e Hart empatam antes da etapa final

Em um resultado sem precedentes em um Grand Tour, etapa final do Giro D'Italia neste domingo ganha ainda mais emoção

Hindley e Geoghegan Hart na chegada na 20ª etapa

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Pela primeira vez na história, os dois primeiros ciclistas da classificação geral de um Grand Tour vão começar a etapa final empatados. Neste domingo, na última etapa do Giro D’italia, Tao Geoghegan Hart (Ineos Grenadiers) e Jai Hindley (Team Sunweb) largam com o mesmo tempo no contrarrelógio individual de 15,7 km entre Cernusco sul Naviglio e Milão.

Geoghegan Hart conquistou a vitória da etapa de 190 km neste sábado em Sestriere, com o tempo de 4h52min5s, com velocidade média de 38,941km/h, mas foi Hindley quem conquistou a camisa rosa por meio de uma contagem de frações de segundos nas provas de contrarrelógio anteriores, além de manter a maglia bianca da classificação de melhor jovem.

Geoghegan Hart e Hindley estão empatados, um cenário inédito na etapa final de um Grand Tour

O ciclista da Sunweb herdou a liderança geral de seu companheiro de equipe Wilco Kelderman, que ficou para trás quando o companheiro de equipe de Geoghegan Hart, Rohan Dennis, acelerou na segunda das três subidas a Sestriere. Muitos se perguntavam se o novo trajeto seria compatível com a rota de alta altitude originalmente planejada sobre o Colle dell’Agnello e o Col d’Izoard, mas o triplo Sestriere – uma vez no lado suave, duas vezes no lado mais íngreme – eliminou as dúvidas.

Em um cenário que lembrou a etapa ao Stelvio dois dias atrás, apenas Geoghegan Hart e Hindley conseguiram acompanhar Dennis. No topo e, depois, na descida, os três mediram força. Nos 1.500 finais metros da última subida, Dennis ficou para trás e cruzou em 3º.

Depois de ter sido derrotado há dois dias na chegada ao Laghi di Cancano, desta vez Geoghegan Hart segurou o ritmo. O ciclista da Ineos, com três segundos de diferença, com Hindley adicionando 1 segundo no sprint intermediário final, mais os segundos de bônus da meta – 10 para Geoghegan Hart, 6 para Hindley – resultaram em um empate sem precedentes no topo da classificação geral.

Hindley ficou com a maglia rosa por frações de segundos

Após vários minutos de deliberação entre os oficiais da corrida, Hindley foi declarado o líder geral e vestirá a maglia rosa. “Estou sem palavras. É algo com que sempre sonhei desde que era pequeno”, disse o novo líder. “Vestir a camisa de líder em um Grand Tour é um privilégio incrível. Não é ideal tirá-la de Wilco, mas é bom mantê-la na equipe.”

Kelderman terminou em oitavo lugar ao lado de Pello Bilbao (Bahrain McLaren), com 1:35, e caiu para o 3º lugar da geral com 1:32, o que, apesar de toda sua habilidade na crono, aparentemente acabou com suas chances de vencer este Giro.

Na classificação de montanha, o português Ruben Guerreiro (EF Pro Cycling) só está esperando a festa deste domingo em Milão. Na classificação por pontos, Arnaud Demare (Groupama FDJ) chegará para a etapa final com a maglia ciclamino garantida. 

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1 Tao Geoghegan Hart (GBr) Ineos Grenadiers 4:52:45
2 Jai Hindley (Aus) Team Sunweb m.t.
3 Rohan Dennis (Aus) Ineos Grenadiers 0:00:25
4 Joao Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep 0:01:01
5 Andrea Vendrame (Ita) AG2R la Mondiale 0:01:34
6 Einer Augusto Rubio Reyes (Col) Movistar Team 0:01:35
7 Pello Bilbao (Esp) Bahrain McLaren m.t.
8 Wilco Kelderman (Hol) Team Sunweb m.t.
9 Attila Valter (Hun) CCC Team 0:01:48
10 James Knox (GBr) Deceuninck-Quickstep 0:02:00

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Jai Hindley (Aus) Team Sunweb 85:22:07
2 Tao Geoghegan Hart (GBr) Ineos Grenadiers
3 Wilco Kelderman (Hol) Team Sunweb 0:01:32
4 Pello Bilbao (Esp) Bahrain McLaren 0:02:51
5 Joao Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep 0:03:14
6 Jakob Fuglsang (Din) Astana Pro Team 0:06:32
7 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo 0:07:46
8 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe 0:08:05
9 Fausto Masnada (Ita) Deceuninck-Quickstep 0:09:24
10 Hermann Pernsteiner (Aut) Bahrain McLaren 0:10:08

Contrarrelógio final com chegada em Milão

Etapa final
O Giro 2020 termina neste domingo com um contrarrelógio individual de 15,7 km entre Cernusco sul Naviglio, Cidade Europeia do Esporte 2020, e Milão, na Piazza Duomo.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 3 de outubro – Monreale – Palermo – 15,1 km Contrarrelógio individual
Etapa 2 – 4 de outubro – Alcamo – Agrigento – 149 km
Etapa 3 – 5 de outubro – Enna – Etna (Linguaglossa Piano Provenzana) – 150 km
Etapa 4 – 6 de outubro – Catania – Villafranca Tirrena – 140 km
Etapa 5 – 7 de outubro – Mileto – Camigliatello Silano – 225 km
Etapa 6 – 8 de outubro – Castrovillari – Matera – 188 km
Etapa 7 – 9 de outubro – Matera – Brindisi – 143 km
Etapa 8 – 10 de outubro – Giovinazzo – Vieste (Gargano) – 200 km
Etapa 9 – 11 de outubro – San Salvo – Roccaraso (Aremogna) – 208 km
12 de outubro – Descanso
Etapa 10 – 13 de outubro – Lanciano – Tortoreto – 177 km
Etapa 11 – 14 de outubro – Porto Sant’Elpidio – Rimini – 182 km
Etapa 12 – 15 de outubro – Cesenatico – Cesenatico – 204 km
Etapa 13 – 16 de outubro – Cervia – Monselice – 192 km
Etapa 14 – 17 de outubro – Conegliano – Valdobbiadene – Contrarrelógio individual 34,1 km
Etapa 15 – 18 de outubro – Base Aerea Rivolto (Frecce Tricolori) – Piancavallo – 185 km
19 de outubro – Descanso
Etapa 16 – 20 de outubro – Udine – San Daniele del Friuli – 229 km
Etapa 17 – 21 de outubro – Bassano del Grappa – Madonna di Campiglio – 203 km
Etapa 18 – 22 de outubro – Pinzolo – Laghi di Cancano (Parco Nazionale dello Stelvio) – 207 km
Etapa 19 – 23 de outubro – Morbegno – Asti – 124 km
Etapa 20 – 24 de outubro – Alba – Sestriere – 198 km
Etapa 21 – 25 de outubro – Cernusco sul Naviglio – Milão – Contrarrelógio – 15,7 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine