Brasileiro de MTB: Jhefferson Paiva e Luma Diniz conquistam o título de e-MTB

HomeCompetiçõesMountain bike

Brasileiro de MTB: Jhefferson Paiva e Luma Diniz conquistam o título de e-MTB

Prova abriu o Campeonato Brasileiro de MTB 2020. Na tarde desta sexta-feira (30), os vencedores do Short Track (XCC) serão definidos no Instituto Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo

Ciclistas deram quatro voltas no percurso de4.678m com 193 metros de altimetria

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação – Alemão Silva

Assim como na primeira edição do MTB Festival, no ano passado, a disputa de e-Mountain Bike foi a responsável por dar início ao Campeonato Brasileiro de Mountain Bike 2020 no Instituto Mairiporã, na manhã desta sexta-feira (30).

Após quatro voltas na pista de 4.678 metros de extensão e 193 metros de altimetria, que também será utilizada no XCO (Cross Country Olímpico), o mineiro Jhefferson Paiva e a fluminense Luma Diniz (4Fun Bike Center) sagraram-se campeões nacionais da modalidade.

O enredo de ambas as disputas, masculina e feminina, foi bastante parecido, com Jhefferson Paiva e Luma Diniz assumindo a liderança na primeira volta e administrando suas vantagens até o fim, sem que seus adversários conseguissem os ameaçar. Entre os homens, completaram o pódio Juliano Cocuzzi (Lar) e Diego Knob (Sense Factory Racing). Já no feminino, o top 3 teve ainda Isabella Ribeiro (Specialized Racing BR) e Stefanye Lindolfo (Time Hoffmann).

O mineiro Jhefferson (à frente) Paiva levou o título no masculino

Natural de Araguari, no Triângulo Mineiro, Jhefferson Paiva contou com o apoio de seu pai para viajar a São Paulo e disputar a competição.

“Na verdade a bike que usei é do meu pai. Eu vi que ia ter o Brasileiro e comecei a treinar lá na Represa de Araguari. E a nossa sorte foi que lá também começou a chover nesses tempos, então deu uma preparada boa. É muito gratificante ser campeão brasileiro. Vim treinando mesmo com a pandemia, para o MTB Festival. Foi a primeira vez competindo de bike elétrica, então foi ótimo o resultado”, comemorou Jhefferson, de 23 anos.

O ciclista mineiro começou a pedalando aos 9 anos, para competir pela primeira vez com 10, sendo líder do ranking brasileiro em sua categoria à época. Após um tempo parado, Jhefferson está voltando para as competições. “Gostei bastante da pista, bem técnica, com descidas muito legais. Sofri mais nas subidas, porque tinha que controlar muito a roda traseira pra não escorregar, inclusive logo na largada. Quem for pedalar no final de semana vai curtir bastante”, avaliou.

No feminino, Luma Diniz, de Resende (RJ), começou a praticar o mountain bike e se adaptou com maior facilidade por ter sua origem esportiva no motocross. Após ser incentivada por vários amigos que praticavam a modalidade em sua cidade, resolveu se dedicar ao mountain bike.

Luma Diniz faturou o título no feminino

“Comecei a treinar de um jeito certo, com treinador, e tenho evoluído bastante, não só na parte técnica e de força, mas também no treino mental também”, contou Luma, de 27 anos.

E a conquista não veio fácil. Luma levou duas quedas, uma na primeira volta e outra no Escorpião, na última volta.

“Estou muito feliz com esse título. Tem pouco tempo que pedalo, mas isso nunca foi um empecilho. Mesmo com a pandemia, eu não desanimei. Continuei treinando. Em alto rendimento, demora anos para evoluir a performance, por isso aproveitei para treinar durante esse período de pandemia, especialmente em trilhas técnicas com a e-bike”, relatou.

“Esse título é muito importante pra mim. É o segundo ano de Campeonato Brasileiro de e-Mountain Bike e estou muito feliz de escrever meu nome na história. Após cair na primeira volta, mantive a calma e pensei ‘espera que ainda tem quatro voltas’. E continuei pedalando, só olhando pra frente. Fui até o fim sem olhar pra trás”, concluiu.

RESULTADOS

1 Jhefferson Paiva – 51min39seg005
2 Juliano Cocuzzi – 52min36seg933
3 Diego Knob – 52min55seg033

1 Luma Diniz – 58min05seg916
2 Isabella Ribeiro – 1h01min00seg038
3 Stefanye Lindolfo – 1h02min33seg057

SHORT TRACK
No período da tarde desta sexta-feira (30), os campeões do Short Track (XCC) serão conhecidos em Mairiporã. Com transmissão ao vivo no canal de TV BandSports e também pela RedBull TV, serão realizadas as disputas feminina e masculina, às 13h e 14h, respectivamente. Entre os homens, nomes como Henrique Avancini, Luiz Cocuzzi e Guilherme Muller são os favoritos, enquanto no feminino Raiza Goulão e Letícia Cândido têm o favoritismo, com a jovem Giuliana Morgen correndo por fora, mas com boas chances de surpreender suas rivais mais experientes.

TV AO VIVO
Embora o evento seja completamente fechado ao público, devido às restrições por conta da pandemia da Covid-19, os brasileiros poderão acompanhar ao vivo a emoção das competições ou pela TV, nos canais Band (TV aberta) e BandSports (TV fechada), ou também pela RedBull TV. Ambas as competições do XCC e XCO (apenas elite feminina e masculina) na sexta e sábado, terão as transmissões da BandSports e da RedBull TV. Já no domingo (1º), o Downhill será transmitido pelo Bandsports e pela TV Band, às 10h.

A programação completa do MTB Festival 2020 está disponível no site do evento mtbfestival.com.br