Giro 2020: Ulissi vence pela 2ª vez; João Almeida amplia vantagem

HomeCompetiçõesGiro D'Itália

Giro 2020: Ulissi vence pela 2ª vez; João Almeida amplia vantagem

Italiano da UAE Emirates superou no sprint o português João Almeida, que ampliou a vantagem na classificação geral

Ulissi superou o líder João Almeida na chegada em Monselice – Foto La Presse

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação La Presse

O italiano Diego Ulissi (UAE Emirates) foi o mais rápido na 13ª etapa do Giro d’Italia nesta sexta-feira (16 de outubro). Ulissi, vencedor da segunda etapa em Agrigento, superou no sprint final o maglia rosa, o português João Almeida (Deceuninck-Quickstep). Foram 192km entre as cidades de Cervia e Monselice, percorridos em 4h22min18s, a 43,9km/h de velocidade média.

“Fizemos um grande trabalho na última subida para deixar os sprinters e chegar em um pequeno grupo. McNulty foi muito bem no final. Que felicidade conquistar mais um sucesso neste Giro”, contou Ulissi.

Apesar da segunda colocação e ter ganho tempo em relação aos seus adversários diretos, o líder João Almeida revelou sua insatisfação com o resultado do sprint.

“Estou um pouco desapontado com meu segundo lugar. Eu queria ganhar a etapa. Foi realmente por muito pouco. Amanhã será uma crono individual dura, mas darei o meu melhor”, contou o líder geral da competição, que ampliou a vantagem para 40 segundos sobre Wilco Kelderman (Sunweb) e 49 segundos sobre o espanhol Pello Bilbao (Bahrain-McLaren). Almeida segue na liderança da classificação de ciclistas jovens (camisa branca), com 1min25s sobre o australiano Jai Hindley (Team Sunweb).

Almeida e Ulissi no sprint final

Na classificação de montanhas (camisa azul), o português Ruben Guerreiro (EF Pro Cycling) segue na liderança, com 87 pontos, seguido por Giovanni Visconti (Vini Zabu-KTM) com 76 pontos. A classificação por pontos (camisa violeta) tem como líder o francês Arnaud Demare (Groupama-FDJ) com 221 pontos, e o eslovaco Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) tem 184 pontos.
Os britânicos da Ineos-Grenadiers lideram a classificação por equipes com 7min12s sobre a equipe belga Deceuninck-Quickstep.

MELHORES MOMENTOS

TOP 5 DA ETAPA
1 Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates – 4h22min18s
2 João Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep – mt
3 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe – mt
4 Tao Geoghegan Hart (GBr) Ineos Grenadiers – mt
5 Mikkel Frølich Honoré (Din) Deceuninck-Quickstep – mt

TOP 10 DA GERAL
1 João Almeida (Por) Deceuninck-Quickstep – 53h43min58s
2 Wilco Kelderman (Hol) Team Sunweb – a 40s
3 Pello Bilbao (Esp) Bahrain McLaren – a 49s
4 Domenico Pozzovivo (Ita) NTT – a 1min03s
5 Vincenzo Nibali (Ita) Trek-Segafredo – a 1:07
6 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe – a 1:17
7 Jai Hindley (Aus) Team Sunweb – a 1:25
8 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe – a 1:27
9 Fausto Masnada (Ita) Deceuninck-Quickstep – a 1:42
10 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team – a 2:26

PRÓXIMA ETAPA
A etapa de número 14 será uma crono individual, com percurso de 34,1km entre Conegliano e Valdobbiadene. O percurso tem muitas subidas, inclusive um grande prêmio de montanha, no Km 7,4 (Muro Di Ca Del Poggio), e certamente vai favorecer ciclistas com características de escalador.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 3 de outubro – Monreale – Palermo – 15,1 km Contrarrelógio individual
Etapa 2 – 4 de outubro – Alcamo – Agrigento – 149 km
Etapa 3 – 5 de outubro – Enna – Etna (Linguaglossa Piano Provenzana) – 150 km
Etapa 4 – 6 de outubro – Catania – Villafranca Tirrena – 140 km
Etapa 5 – 7 de outubro – Mileto – Camigliatello Silano – 225 km
Etapa 6 – 8 de outubro – Castrovillari – Matera – 188 km
Etapa 7 – 9 de outubro – Matera – Brindisi – 143 km
Etapa 8 – 10 de outubro – Giovinazzo – Vieste (Gargano) – 200 km
Etapa 9 – 11 de outubro – San Salvo – Roccaraso (Aremogna) – 208 km
12 de outubro – Descanso
Etapa 10 – 13 de outubro – Lanciano – Tortoreto – 177 km
Etapa 11 – 14 de outubro – Porto Sant’Elpidio – Rimini – 182 km
Etapa 12 – 15 de outubro – Cesenatico – Cesenatico – 204 km
Etapa 13 – 16 de outubro – Cervia – Monselice – 192 km
Etapa 14 – 17 de outubro – Conegliano – Valdobbiadene – Contrarrelógio individual 34,1 km
Etapa 15 – 18 de outubro – Base Aerea Rivolto (Frecce Tricolori) – Piancavallo – 185 km
19 de outubro – Descanso
Etapa 16 – 20 de outubro – Udine – San Daniele del Friuli – 229 km
Etapa 17 – 21 de outubro – Bassano del Grappa – Madonna di Campiglio – 203 km
Etapa 18 – 22 de outubro – Pinzolo – Laghi di Cancano (Parco Nazionale dello Stelvio) – 207 km
Etapa 19 – 23 de outubro – Morbegno – Asti – 253 km
Etapa 20 – 24 de outubro – Alba – Sestriere – 198 km
Etapa 21 – 25 de outubro – Cernusco sul Naviglio – Milão – Contrarrelógio – 15,7 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine