Tóquio exige quarentena de 14 dias; Tour de France ficará inviável

HomeCompetiçõesJogos de Tóquio

Tóquio exige quarentena de 14 dias; Tour de France ficará inviável

O Tour de France de 2021 está programado para terminar em Paris em 18 de julho e a corrida do ciclismo olímpico está marcada para seis dias depois, no sábado, 24 de julho

Jogos Olímpicos de Tóquio vai exigir quarentena de 14 dias  Foto: Clive Rose/Getty Images

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

O COI (Comitê Olímpico Internacional) informou que, para os Jogos Olímpicos de Tóquio (de 23 de julho a 8 de agosto), os atletas terão que fazer 14 dias de quarentena no Japão antes do início das competições por causa da pandemia Covid-19. Com isso, a participação de muitos ciclistas no Tour de France e no Giro Rosa com planos olímpicos ficará inviável.

 

O Tour de France de 2021 está programado para terminar em Paris em 18 de julho. A corrida do ciclismo olímpico está marcada para seis dias depois, no sábado, 24 de julho. Já o Giro Rosa termina dia 11 de julho e a corrida do ciclismo de estrada das mulheres em Tóquio está programada para 25 de julho.

A expectativa dos organizadores das corridas era de que os ciclistas viajariam para o Japão após quarentenas limitadas já que as provas terão “bolhas” sancionadas pelos protocolos de segurança da UCI (União Ciclística Internacional).

Em dezembro, com o aumento de contágios da segunda onda no Japão, as autoridades suspenderam a entrada no país para estrangeiros não residentes. As autoridades japonesas também não estão convencidas de que a vacinação possa interromper a disseminação do vírus, uma vez que a nova variante altamente infecciosa já começou a circular.

No pelotão profissional, espera-se que Remco Evenepoel, Tao Geoghegan Hart e Vincenzo Nibali disputem o Giro d’Italia em maio, mas Julian Alaphilippe, Wout van Aert, Primoz Roglic, Tadej Pogacar, Marc Hirschi e o campeão olímpico de estrada de 2016 Greg van Avermaet eram esperados no Tour de France.

“Duas semanas atrás recebemos a última versão de seus requisitos dos organizadores em Tóquio e quarentena de 14 dias depois de chegar ao Japão foi mantida”, afirmou Johan Bellemans, médico-chefe do Comitê Olímpico da Bélgica. “Logisticamente, este período de quarentena não será fácil para os atletas em termos de treinamento e também se sobreporá a outros eventos, como o Tour de France, Wimbledon e NBA. Se dependesse do COI, o período de quarentena seria muito mais curto. São as autoridades japonesas que estão mantendo a quarentena de duas semanas”, explicou.