Dwars door Vlaanderen: Van Baarle conquista vitória solo após fuga de 52 km

HomeCompetições

Dwars door Vlaanderen: Van Baarle conquista vitória solo após fuga de 52 km

Holandês atacou e segurou a vantagem na ponta por 52 quilômetros enquanto o grupo perseguidor avançava; confira a chegada e o Top 10

Dylan van Baarle seguiu sozinho por 52 km e faturou a Dwars door Vlaanderen

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O holandês Dylan van Baarle (Ineos Grenadiers) conquistou vitória solo na clássica belga Dwars door Vlaanderen, nesta quarta-feira (31 de março), depois de escapar e seguir sozinho por mais de 50 quilômetros.

 

Van Baarle segurou o ritmo e encarou os grupos de perseguição por mais de uma hora. Christophe Laporte (Cofidis), o último sobrevivente dos perseguidores, ficou com a 2ª colocação, a 26 segundos e Tim Merlier (Alpecin-Fenix) foi o 3º.

Na prova com 184 quilômetro de percurso, 13 subidas curtas e muitos paralelepípedos, Van Baarle fez sua jogada no Berg Ten Houte, a oitava subida. “Estamos abordando as clássicas de forma um pouco diferente este ano, atacando mais. Foi uma vitória muito especial, meu primeiro pódio em uma clássica. A verdade é que me senti muito bem. Disse a Ethan Hayter para tentar aumentar o ritmo e dificultar a escalada em Berg ten Houte. Então eu continuei e fiquei sozinho. Eu esperava que alguns dos rivais viessem. Isso não aconteceu, então continuei até que um grupo veio atrás de mim. Simplesmente não aconteceu. Então eu só conseguia pensar nos últimos 30 quilômetros e me mantive firme. Estou feliz por ter feito isso”, disse Van Baarle, que tem 28 anos e conquistou sua primeira clássica.

Dylan van Baarle cruzou com vantagem de 25 segundos

Quem esperava mais um embate entre Mathieu van der Poel (Alpeci-Fenix), vencedor da edição anterior, em 2019, e o campeão mundial Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) ficou frustrado. A quatro dias do Tour de Flanders, a segunda clássica Monumento da temporada, que será disputada domingo (4 de março), os dois mostraram cansaço e falta de ritmo.

“Desde muito cedo senti que o dia de hoje não ia bem. Realmente não era meu dia. Foi o calor? Pode ser isso. Não gosto. Mas certamente não fui o único a sofrer. Julian Alaphilippe também veio me dizer que não estava andando. Melhor que isso aconteceu hoje do que no domingo. Aliás, domingo vai ser menos quente do que hoje”, comentou Van der Poel.

Van der Poel, vencedor da prova em 2019, perdeu o ritmo

Van der Poel estava no grupo principal quando o pelotão se dividiu. A Deceuninck-QuickStep, com o campeão mundial Julian Alaphilippe, estava fora de ritmo e apenas Florian Sénéchal se destacou.

Van Baarle, que acelerou no grupo da ponta, que tinha sete ciclistas, a 52 km da chegada, conseguiu estabelecer uma vantagem. Na subida ao Knoketeberg, a 36 km do fim, a perseguição buscava o escapado, com Laporte, Sénéchal, Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), Greg Van Avermaet (AG2R Citroën), Warren Barguil (Arkéa-Samsic), Victor Campenaerts (Qhubeka Assos), Luke Durbridge (Team BikeExchange) e Rui Oliveira (UAE Team Emirates). Enquanto isso, Van der Poel sobrou e foi ultrapassado por Alaphilippe, que atacou forte, mas não o suficiente para alcançar o grupo da frente.

A partir daí, Van Baarle pressionou de forma constante e manteve uma vantagem de 30 segundos bastante estável sobre os oito perseguidores. Van Avermaet forçou na subida Vossenhol, enquanto Stuyven acelerou no Holstraat, mas o ritmo diminuiu entre as acelerações enquanto Van Baarle ia determinado para a vitória.

Na prova da Elite das mulheres, a vencedora foi a holandesa Annemiek van Vleuten (Movistar). A polonesa Katarzyna Niewiadoma (Canyon-SRAM) ficou em 2º e a norte-ameriana Alexis Ryan (Canyon-SRAM) em 3º, ambas a 19 segundos.

TOP 10
1 Dylan van Baarle (Hol) Ineos Grenadiers 3:58:59
2 Christophe Laporte (Fra) Cofidis a 26s
3 Tim Merlier (Bel) Alpecin-Fenix m.t.
4 Yves Lampaert (Bel) Deceuninck-QuickStep m.t.
5 Tosh Van Der Sande (Bel) Lotto Soudal m.t.
6 Alexander Kristoff (Nor) UAE Team Emirates m.t.
7 Greg Van Avermaet (Bel) AG2R Citroën Team m.t.
8 Anthony Turgis (Fra) Total Direct Energie m.t.
9 Florian Senechal (Fra) Deceuninck-QuickStep m.t.
10 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo m.t.

A CHEGADA

LEIA MAIS
Dwars door Vlaanderen no Bikemagazine
Confira o site oficial