Kasper Asgreen vence E3 Saxo Bank Classic com ataque solo

HomeCompetições

Kasper Asgreen vence E3 Saxo Bank Classic com ataque solo

Campeão dinamarquês ataca e segura a ponta apesar do forte grupo de perseguidores e fatura vitória solo com vantagem de 32 segundos

Asgreen segura perseguição e vence a E3 Saxo Bank Classic 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O campeão dinamarquês Kasper Asgreen (Deceuninck-Quickstep) venceu nesta sexta-feira (26 de março) a E3 Saxo Bank Classic após um ataque solo. Asgreen manteve o forte ritmo no trecho final e derrotou um forte grupo de perseguidores, com seu companheiro de equipe Florian Sénéchal e Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix), que ficaram em 2º e 3º, a 32 segundos.

Asgreen atacou a 70 km da chegada, no Boigneberg, e sua equipe marcou todas as tentativas de perseguição até que, finalmente, a 12,3 km da meta, o escapado foi alcançado por Van der Poel, Greg van Avermaet e Oliver Naesen (AG2R Citroën ) e Dylan Van Baarle (Ineos Grenadiers), além dos atuais campeões Zdenek Stybar e Sénéchal. Asgreen acelerou novamente a 5 km da meta e conseguiu se manter na ponta até o fim.

Wout van Aert (Jumbo-Visma) perdeu contato com o pelotão no Tiegemberg depois de fazer uma prova de recuperação por causa de um pneu furado.

Campeão dinamarquês comemora a vitória solo

“Eu sabia, depois do esforço que fiz, que não teria chance no último quilômetro, então tinha que fugir e chegar sozinho se quisesse vencer a corrida. Era tudo ou nada naquele ponto”, contou Asgreen. “Acho que todos tiveram um dia difícil e todos estavam no limite. Ir sozinho por tanto tempo não era o plano, mas no final, quando vi que estava na frente abaixei a cabeça e aproveitei ao máximo.”

“A equipe foi incrível, foi realmente perfeito. Um grande obrigado ao pessoal. Não seria possível fazer uma corrida como essa sem meus companheiros de equipe, com certeza. ”

A equipe Bora-Hansgrohe não teve autorização para largar depois que Matt Walls testou positivo para Covid-19 antes da corrida. A equipe alemã disse que todos os outros membros da equipe tiveram resultados negativos nos testes, mas, de acordo com o protocolo da Federação Belga de Ciclismo, eles não foram autorizados a participar. A Bora-Hansgrohe tinha no time Daniel Oss e Nils Politt, mas não Peter Sagan, que optou por disputar a Volta da Catalunha antes de ir para a Bélgica para o Tour de Flandres no próximo fim de semana.


Para evitar contato físico, a cerimônia do pódio contou com a presença inusitada de um robô, responsável por distribuir os prêmios.

TOP 10
1 Kasper Asgreen (Din) Deceuninck-QuickStep 4:42:37
2 Florian Senechal (Fra) Deceuninck-QuickStep 0:32:00
3 Mathieu van der Poel (Hol) Alpecin-Fenix m.t.
4 Oliver Naesen (Bel) AG2R Citroën Team m.t.
5 Zdenek Stybar (Cze) Deceuninck-QuickStep m.t.
6 Greg Van Avermaet (Bel) AG2R Citroën Team m.t.
7 Dylan van Baarle (Hol) Ineos Grenadiers m.t.
8 Markus Hoelgaard (Nor) Uno-X Pro Cycling Team 0:01:28
9 Gianni Vermeersch (Bel) Alpecin-Fenix 0:01:30
10 Marco Haller (Aut) Bahrain Victorious m.t.

A CHEGADA

Próximas provas
28 de março
 – Gent-Wevelgem – In Flanders Fields WorldTour
31 de março – Dwars door Vlaanderen WorldTour
4 de abril – Tour de Flanders WorldTour, Monumento

LEIA MAIS
E3 Harelbeke no Bikemagazine
Site oficial do evento