Tirreno-Adriático: Wout van Aert vence a etapa de abertura

HomeCiclismo

Tirreno-Adriático: Wout van Aert vence a etapa de abertura

Caleb Ewan e Fernando Gaviria ficaram em 2º e 3º na 1ª etapa da corrida; Aert é o primeiro líder, com 4 segundos de vantagem

Van Aert é o primeiro líder da Tirreno-Adriático 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Wout van Aert (Jumbo-Visma) venceu nesta quarta-feira (10 de março) a etapa de abertura da Tirreno-Adriático. O belga dominou a chegada em Camaiore, deixando Caleb Ewan (Lotto Soudal) e Fernando Gaviria (UAE Emirates) em 2º e 3º, e é o primeiro a vestir a camisa de líder.

Van Aert lidera a classificação geral com 4 segundos de vantagem.

 

“A reta final era muito longa, então hoje foi tudo sobre o momento certo. Eu estava em alta velocidade e então quando vi a placa dos 200m, oue talvez um pouco antes, pensei em não esperar e lancei meu sprint e tive velocidade para mantê-la até o final. Estou muito feliz “, comemorou Van Aert.

A Tirreno-Adriático é a segunda corrida de Van Aert na temporada, depois de um longo período de treinamento em Tenerife, na Espanha. Depois de ficar em 4º lugar na Strade Bianche, hoje ele mostrou uma explosão poderosa de velocidade em Camaiore e respondeu ao trabalho bem coordenado de sua equipe Jumbo-Visma.

Van Aert na vitória em Camaiore

Agora, Van Aert tem a classificação geral em vista. “Com certeza acho que hoje e na Strade Bianche vimos uma equipe forte. Estamos muito animados e com grande motivação para esta semana e começar com uma vitória é perfeito”, afirmou.

A etapa de 156 km, que começou com três voltas em um circuito de 24 km incluindo o Monte Pitoro e terminou com mais três voltas em um circuito de 29 km em torno de Camaiore, foi sem incidentes, com uma fuga de seis ciclistas que faturou os prêmios intermediários antes que as equipes dos velocistas acelerassem nos 10km finais.

Pelotão na chegada da etapa

Vincenzo Albanese (Eolo-Kometa) dominou na classificação de montanha, conseguindo duas das três subidas do Monte Pitoro, enquanto Simone Velasco (Gazprom-RusVelo) faturou o sprint intermediário.

Alpecin-Fenix ​​e Cofidis fixeram um bom trabalho na maior parte da perseguição, mas quando chegou a hora de acelerar, Mathieu van der Poel e Tim Merlier não estavam bem posicionados.

VEJA A CHEGADA

TOP 10 DA ETAPA
1 Wout Van Aert (Bel) Jumbo-Visma 3:36:17
2 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal m.t.
3 Fernando Gaviria Rendon (Col) UAE Team Emirates m.t.
4 Andrea Vendrame (Ita) AG2R Citroën Team m.t.
5 Luka Mezgec (Slo) Team BikeExchange m.t.
6 Tim Merlier (Bel) Alpecin-Fenix m.t.
7 Alvaro Hodeg Chagui (Col) Deceuninck-QuickStep m.t.
8 Davide Ballerini (Ita) Deceuninck-QuickStep m.t.
9 Ivan Garcia Cortina (Esp) Movistar Team m.t.
10 Hugo Hofstetter (Fra) Israel Start-up Nation m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Wout Van Aert (Bel) Jumbo-Visma 3:36:07
2 Caleb Ewan (Aus) Lotto Soudal 0:00:04
3 Fernando Gaviria Rendon (Col) UAE Team Emirates 0:00:06
4 Simone Velasco (Ita) Gazprom-RusVelo 0:00:07
5 Mattia Bais (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec 0:00:08
6 Andrea Vendrame (Ita) AG2R Citroën Team 0:00:10
7 Luka Mezgec (Slo) Team BikeExchange m.t.
8 Tim Merlier (Bel) Alpecin-Fenix m.t.
9 Alvaro Hodeg Chagui (Col) Deceuninck-QuickStep m.t.
10 Davide Ballerini (Ita) Deceuninck-QuickStep m.t.

Próxima etapa
Nesta quinta-feira, a 2ª etapa tem 202 km e segue para o interior da Toscana, com passagem por Volterra, entre vinhedos e oliveiras. Não há estradas de terra na passagem pela área de Siena, que recebe a Strade Bianche, mas há a subida ao Poggio alla Croce, com um quilômetro final tortuoso e 5,4% de inclinação.

Altimetria da 2ª etapa

AS ETAPAS
Etapa 1 – 10 de março – Lido di Camaiore – Lido di Camaiore – 156 km
Etapa 2 – 11 de março – Camaiore – Chiusdino – 202 km
Etapa 3 – 12 de março – Monticiano – Gualdo Tadino – 219 km
Etapa 4 – 13 de março – Terni – Prati di Tivo – 148 km
Etapa 5 – 14 de março – Castellalto – Catelfidardo – 205 km
Etapa 6 – 15 de março – Castelraimondo – Lido di Fermo – 169 km
Etapa 7 – San Benedetto del Tronto (CRI) – 10.1km

LEIA MAIS
Tirreno-Adriático no Bikemagazine
Site oficial